Gil celebra gol decisivo e 'vitória importantísssima'

Em 104 jogos pelo time alvinegro, zagueiro marcou apenas seu quarto gol e colocou "água no chope" do Santos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Na festa preparada pelo Santos para festejar a volta de Robinho, quem acabou roubando a cena no clássico de deste domingo foi Gil autor do gol da vitória do Corinthians. Em 104 jogos pelo time alvinegro, foi apenas o terceiro gol do zagueiro, que destacou o fato de a equipe ter diminuído a distância para o líder Cruzeiro para três pontos (27 a 30).

"Foi uma vitória importantíssima, em um jogo muito difícil. Não tem como a gente dar um show, mas nossa equipe é consistente lá atrás e fazemos o que foi pedido. O primeiro tempo foi nervoso, mas no segundo o nosso time colocou a cabeça no lugar e conseguimos fazer um bom trabalho. O campeonato é muito difícil, o Cruzeiro abriu uma boa vantagem, mas estamos conseguindo nos recuperar", disse.

O zagueiro explicou que o seu gol nasceu de um jogada ensaiada com Renato Augusto, que cobrou o escanteio pela esquerda na primeira trave. "A gente vem trabalhando a bola parada. Deu resultado. Fico feliz, pois é um trabalho que venho fazendo desde o começo do ano. A equipe inteira está de parabéns", disse.

Elias destacou a boa campanha do Corinthians como visitante no Campeonato Brasileiro. "Pelo título, precisamos fazer a nossa parte. Temos a melhor campanha fora, junto com o Cruzeiro, e não estamos liderando o campeonato porque perdemos pontos importantes em casa. Hoje conquistamos mais três", disse o volante.

Fora de casa, o Corinthians acumula três vitórias e quatro empates. O Cruzeiro tem quatro vitórias, duas derrotas e dois empates. "Para vencer na Vila, a equipe tem que ser muito inteligente, tem que ficar com 11 jogadores dentro do campo. Esse foi um ponto em tocamos. É um caldeirão aqui, eles pressionam. Mas a equipe veio determinada e sabendo que, terminando com 11, venceria", completou Elias.

O volante também admitiu que a goleada por 5 a 1 para o Santos no início do ano ainda estava engasgada e que nesse momento a equipe está preocupada apenas em vencer e não em jogar bem. "Às vezes você pode fazer bonito e vencer os jogos, mas procuramos primeiro vencer os jogos para adquirirmos confiança e ritmo. Fizemos uma boa partida fora de casa e em um estádio muito difícil. Viemos aqui no Paulista e levamos de 5 a 1, hoje (domingo) viemos determinados a ganhar. Houve sacrifício, cumprimos o que foi determinado", disse.

Depois do triunfo no clássico, o Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão no próximo sábado, contra o Bahia, às 21 horas, no Itaquerão.

Leia tudo sobre: gilgolcorinthiansclássico paulistavila belmirobrasileirão