Asafa Powell vence prova dos 100 metros no GP Brasil

Velocista jamaicano confirmou o seu favoritismo en Belém e fez a sua melhor marca na atual temporada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Asafa revelou que espera baixar a marca de 10 segundos ainda neste ano
Wagner Carmo/CBAt
Asafa revelou que espera baixar a marca de 10 segundos ainda neste ano

Principal atração do GP Brasil de Atletismo, Asafa Powell não decepcionou neste domingo no Estádio Olímpico do Pará, em Belém. O velocista jamaicano confirmou o seu favoritismo e venceu a disputa dos 100 metros livre com o tempo de 10s02, a sua melhor marca na atual temporada. Asafa foi punido pela Comissão Antidoping da Jamaica por testar positivo para o estimulante oxilofrina em seletiva jamaicana para o Mundial de Atletismo, em junho do ano passado. A punição de 18 meses, que era de caráter retroativo, foi anunciada em abril. Mas, após recurso, a pena foi reduzida pela Corte Arbitral do Esporte para seis meses, liberando-o para retornar às pistas. Assim, Asafa voltou a competir em julho. E neste domingo ele venceu a disputa dos 100 metros em Belém. O jamaicano superou o norte-americano Steve Bracy, medalhista de prata nos 60 metros no Mundial Indoor deste ano, que ficou em segundo lugar, com 10s14. Dentarius Locke, também dos Estados Unidos, foi o terceiro, com 10s17. "Foi muito bom competir aqui, com o apoio do público", disse Asafa, de 31 anos, ex-recordista mundial dos 100 metros, com 9s72. "Estava preocupado com o Marvin Bracy, que é jovem e vem conseguindo boas marcas", completou o jamaicano. Asafa revelou que espera baixar a marca de 10 segundos ainda neste ano e vai trabalhar para retornar ao Brasil em 2014 para competir nos Jogos do Rio. "Estou gostando muito de Belém e ainda hoje quero experimentar açaí", brincou. "Agora quero melhorar minha marca este ano e iniciar uma séria preparação para buscar um lugar na Olimpíada de 2016", completou. A versão feminina dos 100 metros, foi vencida pela norte-americana Barbara Pierre, com o tempo de 11s29, apenas 0s1 mais rápida do que a segunda colocada, a compatriota Tiffany Townsend. Já a brasileira Rosângela Santos ficou na terceira colocação com o tempo de 11s47. Na primeira disputa de medalha do dia em Belém, Mahau Suguimati venceu os 400 metros com barreiras no GP Brasil com o tempo de 49s09. O porto-riquenho Eric Alejandro foi o segundo colocado, com 49s11, à frente do norte-americano Justin Gaymon, com 49s53.

Leia tudo sobre: asafa poewllatletismogp brasilvelocista jamaicanocasbelém