Estreia de Felipão é a grande atração do Gre-Nal

Técnico está em sua terceira passagem pelo Imortal com missão de tornar o time tricolor competitivo de novo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipão ganhou uma camiseta do Grêmio com o número 1 e um cachecol em apresentação
LUCAS UEBEL/ GRÊMIO
Felipão ganhou uma camiseta do Grêmio com o número 1 e um cachecol em apresentação

A maior atração do clássico Gre-Nal deste domingo não estará no campo do estádio Beira-Rio, do Internacional, em Porto Alegre, a partir das 16 horas, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas no banco do Grêmio. Todas as atenções estarão voltadas para o técnico Luiz Felipe Scolari, que começa a dirigir o time pela terceira vez - as outras estreias foram em 1987 e 1993 - com a dupla missão de tornar o time tricolor competitivo de novo e fazer a sua própria carreira voltar a ser vitoriosa depois do vexame da seleção brasileira na Copa do Mundo.

Para tentar largar com uma vitória, Scolari caprichou nos mistérios durante a semana, fechando dois treinos e não dando pistas do esquema e escalação que vai usar. O técnico pode promover Matias Rodriguez a titular da lateral direita, deslocar Pará para a lateral esquerda ou usar o volante Ramiro em uma destas posições.

Além disso, deixou em aberto uma posição na defesa, disputada por Pedro Geromel e Werley, e duas no meio de campo, uma para Edinho ou Wallace e outra para Luan ou Fellipe Bastos.

No Internacional, Abel Braga vive uma fase tranquila, estabelecida pelas três vitórias em série nas últimas rodadas, mas também esconde o jogo. O técnico não anunciou a escalação, mas deu a entender que pode deixar no banco o volante Aránguiz, tido como titular absoluto, mas recuperado de lesão há pouco tempo, e começar a partida com Wellington. O chileno poderia ser opção para a segunda etapa.

O Internacional é o terceiro colocado no Brasileirão, com 25 pontos, e sonha chegar à liderança em mais algumas rodadas. O Grêmio é 11º, com 19, e está distante da luta pelo título. Mas acredita que ainda pode se classificar para a Copa Libertadores do ano que vem.

Leia tudo sobre: estreiafelipãogrenalinternacionalgrêmiobrasileirãofutebolmistériostreinotreino fechadoaránguiz