Pimenta (PSDB) diz que passa Pimentel (PT) nas próximas semanas

Candidado ao Governo do Estado minimiza pesquisas e faz corpo a corpo com eleitores na tradicional Feira de Artesanato do bairro Eldorado

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Ao lado do candidato a vice Dinis Pinheiro, Pimenta da Veiga visitou a Feira de Artesanato em Contagem
LEO LARA/DIVULGAÇÃO
Ao lado do candidato a vice Dinis Pinheiro, Pimenta da Veiga visitou a Feira de Artesanato em Contagem
O candidato ao governo do Estado pelo PSDB, Pimenta da Veiga, visitou na manhã deste sábado (9) a Feira da Cuco, no Eldorado, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. O tucano minimizou o resultado das últimas pesquisas que mostram vantagem do seu principal adversário, Fernando Pimentel (PT). Ele disse que espera ultrapassar o petista nas próximas semanas, com o início do horário político eleitoral. As campanhas na televisão e no rádio começam no próximo dia 19 de agosto.    “O programa de televisão vai contribuir para isso. Não é só o programa, mas a própria participação popular na campanha. Agora é que as pessoas estão começando a se entrosar na eleição e tenho a certeza que dentro de algumas semanas, já estaremos na frente”, afirmou Pimenta.    Para ele, “o que é preciso ver é que quando nós começamos, eu tinha seis pontos e ele (Pimentel) tinha 42. O que importa não é o que a pesquisa diz hoje, o que importa é a rua”. O candidato evitou comentar se a eleição em Minas será decidida no primeiro ou  segundo turno. “Isso vamos saber no dia da eleição”, afirmou. A última pesquisa DataTempo/CP2, realizada de 31 de julho a 4 de agosto, mostrou Pimentel com 33,2% das intenções de voto e Pimenta com 20,7% da preferência do eleitorado.   Sobre o primeiro debate realizado na noite de quinta-feira entre os candidatos ao governo de Minas, Pimenta disse "foi bom", mas criticou o horário em que foi realizado. “O debate foi bom, sempre contribui para esclarecer. O horário é que foi um pouco tarde e as regras, um pouco rígidas. É preciso que os candidatos tenham mais tempo para falar, mas achei bom o debate”, afirmou Pimenta.   Mobilidade. Ao lado do candidato ao senado, o ex-governador Antonio Anastasia (PSDB), do seu vice, o deputado estadual Dinis Pinheiro (PP), e do presidente do Atlético, candidato a deputado federal Alexandre Kalil, Pimenta também visitou o comitê da Coligação Todos por Minas em Contagem. Ele disse que, se eleito, sua prioridade para a região metropolitana será a mobilidade.    “O fundamental também, além de uma boa saúde, de uma boa educação e algumas questões de infraestrutura, é a mobilidade urbana. Nós não podemos permitir que a mobilidade na região metropolitana, especialmente em Contagem, continue enfrentando as dificuldades que enfrenta. Os dois pontos principais são o metrô, que deve atingir a toda região metropolitana, e o Rodoanel, que vai tirar o tráfego de passagem de Belo Horizonte, de Contagem e de outras cidades”, afirmou Pimenta.    Nacional. Questionado sobre a pesquisa DataTempo/CP2 divulgada hoje que mostra Aécio Neves com sete pontos de vantagem sobre a presidente Dilma Rousseff (PT), Pimenta disse que “a posição de Aécio Neves vai crescer vigorosamente. Daqui a alguns dias, começam os programas no rádio e na televisão. Aí sim, a população vai abraçar a campanha eleitoral e nós entendemos que Aécio vai colocar uma frente muito grande sobre sua adversária”.    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave