Jac Motors fecha uma das lojas em Belo Horizonte

Com poucas vendas, empresa concentra negócios na revenda da Catalão; sindicato diz que vai piorar

iG Minas Gerais | Janine Horta |

Loja da Jac Motors, na Barão Homem de Melo, fechou as portas
leo fontes
Loja da Jac Motors, na Barão Homem de Melo, fechou as portas

Mais uma rede de revenda de carros é afetada pela queda nas vendas que atinge o setor. A Jac Motors, marca chinesa de automóveis com 70 concessionárias no Brasil e duas em Belo Horizonte, fechou nesta sexta uma de suas lojas na capital mineira. A concessionária fechada ficava na avenida Barão Homem de Melo, no bairro Estoril. Seis funcionários foram transferidos para a outra unidade, localizada na avenida Carlos Luz , no bairro Caiçara. Outros empregados foram demitidos pela empresa. De acordo com a assessoria de comunicação da empresa, o fechamento é uma necessidade de reestruturação do negócio na capital mineira após uma queda nas vendas de 15% em relação ao ano passado. A loja da Catalão é maior e melhor estruturada e, por isso, foi escolhida para concentrar todos os negócios. Um dos vendedores da Jac Motors da loja da Catalão, Edmilson Gonçalves, entretanto, não tem do que reclamar. Ele garante que as vendas estão muito boas e que tem conseguido manter uma média de 10 carros vendidos por mês. “O custo-benefício em relação aos demais carros populares é melhor. Não temos estoques e os carros precisam ser encomendados”, assegura. Piora. Já o presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos de Minas Gerais (Sincodiv-MG), Mauro Pinto de Moraes Filho, está pessimista. Ele acredita que mais lojas vão fechar as portas nos próximos dias. “Essa situação você vai ver com frequência, a começar pelas pequenas marcas, que são as primeiras a sofrer. Não é caso ainda para grande alarde, pois o segundo semestre de todo ano é sempre melhor que o primeiro, mas a luz amarela está acesa”, conclui.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave