A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Algumas pessoas têm discutido a possibilidade de se mudar o posicionamento de Tardelli na formação do Galo: tirá-lo da armação no meio-campo e adiantar para o ataque. Eu não acho essa uma boa alternativa, não! Vejam bem, Tardelli é o único no time que faz com perfeição a transição do meio-campo para ataque, com domínio da bola e em velocidade. Guilherme não tem essa característica; seu estilo é mais de passes longos e enfiadas de bola. Maicosuel também não consegue fazer a transição com a mesma destreza de Tardelli. Então, se adiantar o Tardelli, quem fará a bola chegar até ele? O Galo corre o risco é de perdê-lo como armador, e também como atacante! E neste momento nós não podemos nos dar ao luxo de fazer experimentos com o nosso melhor jogador. Melhor deixá-lo onde está, já que ali ele vai muito bem, pois está “comendo” a bola.

A voz Celeste

Falam que tabus estão aí para serem quebrados. Espero que esse de 20 anos do Criciúma sem vencer o maior de Minas continue por muito tempo. A vantagem celeste é ter um grupo muito bom e unido. Além de todo torcedor saber na ponta da língua a escalação da equipe cruzeirense, mesmo tendo alterações, estamos vendo jogadores renomados no banco de reservas do maior de Minas. E o melhor disso é que nenhum jogador tem reclamado. Temos que para bendizer a gestão da comissão técnica, porque lidar com tantas feras não é fácil. Por tudo isso é que eu digo sempre que o Cruzeiro é o favorito a conquistar este Brasileirão. Meus amigos, neste fim de semana, temos voo livre em Raul Soares. Com certeza, vai ser uma grande festa. Parabéns ao secretário de Esportes, Marquinhos, que tem feito tantos bons eventos para o povo dessa bela cidade.

Avacoelhada No último ano do sub-20, os atletas juniores em processo de desenvolvimento deveriam ter tratamento diferenciado. A etapa de transição para o profissional precisa ser antecipada. Para quem completar 19 anos e não puder disputar a Copa São Paulo no ano seguinte, as metas e os desafios são outros. Os jogadores já foram revelados nesta idade. Ficar mais um ano na base só vai atrasar o aprimoramento. O momento é de começar a compor a lista dos 12 relacionados nos jogos do Mineiro. Entrar nas partidas de acordo com as circunstâncias favoráveis. O estágio de refinamento tático, técnico, físico e comportamental deve continuar na equipe principal, durante o Brasileirão. Desse modo, os pratas da casa estarão mais bem-preparados quando completarem 20 anos. Ainda assim, a evolução vai depender da continuação dos treinamentos intensivos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave