Arte para celebrar aniversário

Museu da Inconfidência faz 70 anos e ganha importante obra barroca para seu acervo

iG Minas Gerais |

Transição. Obra Nossa Senhora da Soledade marca transição Barroco/Rococó
Cláudia Klock / Divulgação
Transição. Obra Nossa Senhora da Soledade marca transição Barroco/Rococó

A tela “Nossa Senhora da Soledade”, do pintor barroco Manuel da Costa Athaíde, pode ser visitada no Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, a partir de amanhã. A pintura religiosa da segunda metade do século XVIII será incorporada ao acervo durante solenidade comemorativa pelos 70 anos da instituição, às 11h, no pátio da antiga Casa de Câmara e Cadeia. O evento ocorrerá a portas fechadas. A venda de ingressos recomeça após seu término.

Convidados serão agraciados com medalha comemorativa do aniversário e do bicentenário da morte de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, que formou parceria com Athaíde na Igreja de São Francisco de Assis. O diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão, destaca que Athaíde é reconhecido como o insuperável pintor do período colonial. “Nosso interesse por ele sempre foi grande. A sala de exposições temporárias leva seu nome, como também uma das salas da exposição de longa duração”, diz.

A ministra da Cultura Marta Suplicy foi convidada para a cerimônia, mas até ontem ainda não tinha confirmado presença. Ela ressalta que o Museu da Inconfidência, seja pelo momento histórico fundamental que mantém para a memória do Brasil, pelo prédio emblemático em que está situado ou pelo acervo de que dispõe, merece a tela Nossa Senhora da Soledade como presente por seus 70 anos. “Manuel da Costa Athaíde é o maior expoente do Barroco Mineiro. Os visitantes deste Museu, que já são muitos, terão mais um ótimo motivo para visitá-lo”. O Museu funciona de terça a domingo, das 12 às 18h, com venda de ingressos até 17h30.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave