O mito Marilyn Monroe em teatro-documentário

A transformação de Norma Jeane Mortenson na famosa atriz é levada ao palco a partir deste sábado à noite

iG Minas Gerais | Deborah Couto |

Divulgação
undefined

Com estreia neste sábado no Teatro Nossa Senhora das Dores, o espetáculo “Marilyn.doc” traz um gênero ainda iniciante no Brasil, o teatro-documentário.

A peça é um projeto idealizado por sua atriz principal, Thaís Coimbra, que sempre teve ‘fixação’ pela diva hollywoodiana e acabou fazendo da biografia de Norma Jean Mortenson seu objeto de estudo. “Desde criança coleciono livros, filmes e, com a pesquisa, essa coleção ficou mais intensa”, diz Thaís. “Como atriz, Marilyn tem um trabalho completo, um excelente timing para comédia e canta muito bem. É um dos maiores sex symbols da história e, curiosamente, não se encaixa mais no padrão de beleza atual”, diz.

O espetáculo, no entanto, aborda Marilyn de um ponto de vista documental e, sem dúvida, mais intrigante: a fabricação da celebridade. “Desde a primeira vez que li uma biografia dela, foi o que mais me chamou a atenção. O fato de ela ter sido uma pessoa comum e abrir mão de sua vida e personalidade pelo sonho de tornar-se um mito. Mudou de nome, aparência e comportamento. Esse tema é muito atual. Até hoje a indústria cinematográfica exige essas concessões em busca de um padrão”, diz Thaís.

Responsável pela dramaturgia e encenação da peça, Juarez Guimarães Dias se envolveu intensamente no processo de pesquisa sobre Marilyn. “Na peça há revelações a que, geralmente, o grande público não tem acesso. Quisemos, realmente, desvendar todas as minúcias da personagem para mostrar em detalhes como Norma Jean foi se tornando Marilyn”, detalha.

  • AGENDA
  • O que.“Marilyn.doc”
  • Onde. Teatro Nossa Senhora das Dores (avenida Francisco Sales, 77, Floresta)
  • Quando. Neste sábado, 21h, e domingo, 20h
  • Quanto. R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia)
  • Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave