Polícia faz operação contra o tráfico em favela com UPP

Até as 13h, a polícia havia prendido 17 suspeitos; Houve buscas ainda em 40 locais na Vila Kennedy que teve uma Unidade de Polícia Pacificadora inaugurada em maio deste ano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Policiais civis do Rio realizam desde o início da manhã desta sexta (8) uma operação para reprimir a atuação de traficantes na comunidade de Vila Kennedy, zona oeste da cidade. Os agentes tentam cumprir 35 mandados de prisão em três regiões do Rio e em São Paulo. A Vila Kennedy teve uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) inaugurada em maio deste ano.

Até as 13h, a polícia havia prendido 17 suspeitos. Houve buscas ainda em 40 locais na própria comunidade, nos bairros de Coelho Neto e Bangu, ambos na zona oeste do Rio; na Baixada Fluminense e em Mauá (SP). De acordo com as investigações, o traficante Marcelo Cardoso, conhecido como Marcelo Pezão, detido no presídio de Bangu 3, controla os negócios na favela.

Segundo o delegado Márcio Mendonça, da Delegacia de Combate às Drogas, da Polícia Civil carioca, a investigação durou cinco meses e os criminosos que fugiram da favela após a UPP mantiveram o controle sobre o tráfico na região apesar da instalação da unidade.

Em Mauá, em São Paulo, a polícia prendeu Ricardo de Oliveira e Dogival Lucas de Lima, que segundo a polícia, cuidariam do envio de drogas para os traficantes da Vila Kennedy. Eles negaram as acusações e devem seguir para o Rio durante esta sexta-feira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave