Muricy quer 'erro zero' para encerrar má fase em casa

Última vitória do Tricolor no Morumbi aconteceu antes da Copa do Mundo, o 2 a 1 sobre o Atlético

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Muricy vai escalar, contra a Chapecoense, mesmo time que venceu o Bahia
Rubens Chiri/São Paulo
Muricy vai escalar, contra a Chapecoense, mesmo time que venceu o Bahia

É consenso no São Paulo que os pontos desperdiçados no Morumbi nos últimos jogos estão sendo fundamentais para o time estar longe das primeiras posições do Campeonato Brasileiro. Por isso mesmo, o técnico Muricy Ramalho exige que o time pare de tropeçar em seus domínios para enfim deslanchar.

A maior reclamação do treinador é com relação ao tropeço contra o Criciúma, quando o time jogou bem, desperdiçou chances e acabou sendo castigado nos minutos finais com mais um gol iniciado em jogada de bola parada.

"Time que quer brigar pelas primeiras colocações não pode perder tantos pontos em casa, jogos que estavam na nossa mão, como contra o Criciúma. A diferença entre os dois times foi muito grande e a falta de atenção custou dois pontos. A gente está conversando", afirmou.

Em sua última passagem no Morumbi, Muricy se caracterizou especialmente por montar defesas fortíssimas - em 2007, sofreu apenas 19 gols em 38 jogos, recorde do Brasileiro -, mas não tem conseguido repetir a fórmula com o elenco atual. Apesar das críticas em cima da defesa, o treinador acredita que não foi apenas a qualidade de jogadores como Miranda, Breno, Alex Silva e André Dias que foi responsável pela muralha.

"Era uma defesa muito sólida porque a característica do time era mais defensiva. Não era um time brilhante na frente, mas que marcava muito desde o ataque. No futebol, a gente esquece ainda e só lembra dos quatro que jogam atrás. Mas a defesa começa lá na frente. Nosso time esse ano é mais técnico e a defesa acaba sofrendo. Aquele time tinha a filosofia vamos cuidar da casinha porque lá na frente a gente marca um gol. Nossos volantes não são marcadores, saem para o jogo."

O São Paulo volta a campo neste domingo às 18h30 para enfrentar o Vitória, pela 14ª do Brasileiro, e terá as voltas de Kaká e Antônio Carlos. O time está na sétima colocação, com 20 pontos.  

Leia tudo sobre: sao paulotricolormuricytecnicomorumbicasa