PCO troca candidatos e candidatura de Cleide deve ser legalizada

Impugnação havia acontecido pela falta do cumprimento da Lei nº 12.034, que prevê que o sexo feminino deve representar, no mínimo, 30% do número de vagas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Em 2014, Cleide Donária é a escolhida do PCO para concorrer ao governo
PCO/Divulgação
Em 2014, Cleide Donária é a escolhida do PCO para concorrer ao governo

Depois de ter duas candidaturas impugnadas pelo Tribunal Regional Eleitoral, o PCO enviou agravo na noite de quinta-feira (7) para corrigir a situação. Com isso, a candidata ao governo estadual Cleide Donária e a postulante ao Senado, Graça, devem retornar legalmente à disputa.

A candidatura havia sido impugnada pela falta do cumprimento da Lei nº 12.034, que prevê que o sexo feminino deve representar, no mínimo, 30% do número de vagas de candidatos de cada partido.

Com isso, o partido retirou uma candidatura masculina e incluiu uma nova candidata do sexo feminino, fazendo com que o percentual necessário fosse atingido. De acordo com o TRE, o julgamento da medida deve ocorrer ao longo das próximas semanas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave