Rapaz larga família no Egito para virar militante do Estado Islâmico

Islam Yaken decidiu trocar os dias na academia para se tornar membro do grupo radical que domina zonas na Síria e no norte do Iraque

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Antes, rapaz egípcio usava redes sociais para divulgar fotos do corpo musculoso e dar dicas de boa forma
VK.COM/Divulgação
Antes, rapaz egípcio usava redes sociais para divulgar fotos do corpo musculoso e dar dicas de boa forma

Nascido em uma família rica do Cairo, no Egito, Islam Yaken decidiu trocar os dias na academia para se tornar membro do grupo de militantes do Estado Isâmico . A imagem do rapaz barbudo ganhou destaque na internet, principalmente, depois das pessoas descobrirem a história por trás do rapaz egípcio que luta ao lado de rebeldes que dominam a região norte do Iraque.

Nomeado nas redes sociais como jihadista "hipster" (estiloso), Yaken é visto nas imagens de seu perfil no Twitter com barba e cabelos compridos, exibindo armas e ao lado de guerrilheiros. Quem vê o jovem hoje, não imagina que no passado ele compartilhava em suas contas pela internet dicas de como manter a boa forma e os melhores exercícios físicos, para complementarem a rotina na academia.

Segundo o jornal britânico 'The Telegraph', quando mais novo, Yaken frequentou uma escola francesa em um bairro rico localizado no subúrbio do Cairo, onde aprendeu a falar além egípcio, inglês e francês. Em 2013, o rapaz se formou no curso de direito na Universidade Ain Shams. Durante viagem à Síria, ele decidiu se juntar aos militantes.

Amigos do jovem da época de colégio relataram a surpresa com a mudança radical de Yaken, segundo o jornal britânico. O garoto que antes usava as redes sociais para publicar imagens dos braços musculosos, agora, publica fotos de cadáveres ou cenas sangrentas e vídeos de militantes com armamentos pesados.

Atualmente, os jihadistas dominam zonas povoadas por minorias religiosas no Iraque e também na Síria. Eles se apresentam como herdeiros de um antigo regime que existiu há séculos atrás, na época do profeta Maomé.

Na manhã desta sexta-feira (8), os EUA lançou uma onda de ataque contra os militantes que dominam a região norte do Iraque. Segundo o presidente Obama, a ofensiva tem a intenção de neutralizar a ofensiva dos militantes radicais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave