Fábio pede atenção no Sul mesmo com 'freguesia' do Criciúma

Em 12 jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro venceu nove, empatou dois e perdeu apenas um para o Tigre

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E BRUNO TRINDADE |

ESPORTES - BELO HORIZONTE - MG 
Ultimo treino do Cruzeiro antes da partida contra o Criciuma , no proximo sabado (09) , pelo Campeonato Brasileiro 2014 .
Na foto , Fabio e torcedora

Foto: Uarlen Valerio / O Tempo  07.08.2014
Uarlen Valeiro / O Tempo
ESPORTES - BELO HORIZONTE - MG Ultimo treino do Cruzeiro antes da partida contra o Criciuma , no proximo sabado (09) , pelo Campeonato Brasileiro 2014 . Na foto , Fabio e torcedora Foto: Uarlen Valerio / O Tempo 07.08.2014

O futebol recheou o vocabulário esportivo com diversos clichês e dentre essas frases prontas algumas se destacam. O “futebol não é uma ciência exata” é uma dessas expressões e serve bem para exemplificar o próximo compromisso entre Criciúma e Cruzeiro, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 18h30, no estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina.

Se o esporte mais praticado no Brasil fosse mesmo uma ciência exata, a Raposa já poderia se considerar vencedora no confronto com o Tigre. Isso, levando-se em conta a estatística do duelo.

Os números dos encontros entre Cruzeiro e Criciúma registram 12 jogos, com nove vitórias para os mineiros e apenas uma dos catarinenses. Em duas oportunidades houve empates, sendo 29 gols marcados pela Raposa e 14 sofridos. A única vitória do Criciúma diante do Cruzeiro aconteceu há quase 20 anos, no Brasileirão de 1994.

No dia 9 de novembro daquele ano, em partida da repescagem do Brasileiro, o Tigre venceu a Raposa por 1 a 0, gol de Jairo Lenzi, aos 28 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio pela direita, a zaga mineira afastou mal e, de fora da área, o atacante mandou um foguete, sem defesa para Dida. 

Apesar da freguesia catarinense, o goleiro Fábio prega respeito ao adversário. “A gente sabe que a situação é diferente, cada jogo tem sua historia, seus jogadores. Tem tempo que o Cruzeiro não perde, mas se a gente chegar achando que já é vencedor, não vai sair com resultado. Se quer ser campeão, tem que manter o foco”, ressaltou o capitão cruzeirense.

Retrospecto entre Cruzeiro e Criciúma em Campeonatos Brasileiros

24/11/1988 - Criciúma 0 x 0 Cruzeiro – Heriberto Hulse 02/10/1994 - Cruzeiro 3 x 0 Criciúma – Mineirão 21/11/1995 – Cruzeiro 4 x 1 Criciúma – Mineirão 29/09/1996 – Criciúma 1 x 2 Cruzeiro – Alfredo Jaconi 20/08/1997 – Cruzeiro 4 x 3 Criciúma – Mineirão 31/05/2003 – Cruzeiro 3 x 0 Criciúma – Mineirão 05/10/2003 – Criciúma 1 x 3 Cruzeiro – Heriberto Hulse 28/04/2004 – Cruzeiro 2 x 2 Criciúma - Independência 22/08/2004 – Criciúma 1 x 2 Cruzeiro – Heriberto Hulse 07/08/2013 – Criciúma 1 x 2 Cruzeiro – Heriberto Hulse 26/10/2013 – Cruzeiro 5 x 3 Criciúma – Mineirão

Leia tudo sobre: cruzeiroraposacampeonato brasileirocriciúma