Em jogo emocionante, Federer derrota Cilic e encara Ferrer no Canadá

No segundo set, o suíço teve seis match points no serviço do rival, mas não conseguiu aproveitar nenhum deles, decidindo o duelo na terceira etapa

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O suíço Roger Federer se classificou em uma partida emocionante para as quartas de final do Masters 1000 de Toronto, no Canadá. Na noite de quinta-feira, o número 3 do mundo desperdiçou incríveis seis match points na segunda parcial, mas mesmo assim conseguiu vencer o croata Marin Cilic, 18º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/5), 6/7 (3/7) e 6/4, em 2 horas e 37 minutos.

A vitória sofrida ampliou a invencibilidade de Federer diante de Cilic, agora com cinco vitórias em cinco partidas. Além disso, o manteve na luta pelo seu terceiro título do Masters canadense - foi campeão em 2004 e 2006. Nesta sexta-feira, pelas quartas de final, o suíço vai encarar o espanhol David Ferrer.

Os dois primeiros sets da partida de quinta-feira foram equilibrados e sem quebras de serviço. Na primeira parcial, Federer se deu melhor e venceu o tie-break. No segundo, o suíço teve seis match points no serviço de Cilic, mas não conseguiu aproveitar nenhum deles e acabou sendo batido no tie-break.

No terceiro set, Federer conseguiu uma quebra de serviço no nono game para fazer 5/4. Depois, só precisou confirmar o seu saque para fechar a parcial e avançar no Masters 1000 de Toronto.

Também na noite de quinta-feira, o canadense Milos Raonic disparou 15 aces e derrotou o francês Julien Benneteau, 47º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, em 1 horas e 47 minutos.

Atual vice-campeão do Masters canadense, o número 6 do mundo vai encarar nas quartas de final o espanhol Feliciano Lopez, 25º colocado no ranking, que venceu o checo Tomas Berdych, número 5 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/4.

Os outros dois jogos das quartas de final do Masters 1000 canadense já estavam definidos. O britânico Andy Murray vai encarar o francês Jo-Wilfried Tsonga e o búlgaro Grigor Dimitrov medirá forças com o sul-africano Kevin Anderson.

MONTREAL - Também na noite de quinta-feira, pelo Torneio de Montreal, a bielo-russa Victoria Azarenka, número 11 do mundo, se classificou às quartas de final ao bater a britânica Heather Watson, 57ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4.

A próxima adversária de Azarenka será a polonesa Agnieszka Radwanska. A número 5 do mundo avançou no torneio canadense ao vencer a alemã Sabine Lisicki, 29ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 6/3.

Número 26 do mundo, a norte-americana bateu a alemã Angelique Kerber, número 7 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4 e agora vai encarar a espanhola Carla Navarro, número 16 do mundo e algoz da russa Maria Sharapova.

A sérvia Jelena Jankovic, número 9 do mundo, foi eliminada ao perder para a norte-americana Coco Vandeweghe por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (10/8), 2/6 e 7/5. Agora, a norte-americana medirá forças com a russa Ekaterina Makarova. O outro jogo das quartas de final em Montreal será entre a norte-americana Serena Williams e a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

Leia tudo sobre: tenisfedererferrercanada