Anastasia lidera disputa com folga

Ex-governador tem 46,4% das intenções de voto e seu principal rival, Josué Alencar, registra 5,9%

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Anastasia (PSDB) também lidera o levantamento espontâneo
Marcos Fernandes/PSDB - 17.7.2014
Anastasia (PSDB) também lidera o levantamento espontâneo

O ex-governador Antonio Anastasia (PSDB) abriu 40,5 pontos percentuais de vantagem sobre seu principal concorrente a uma vaga no Senado. A primeira pesquisa DataTempo/CP2 realizada após a oficialização das candidaturas aponta que o tucano tem 46,4% das intenções de voto. Josué Alencar (PMDB) tem 5,9 % da preferência do eleitorado, índice menor do que o de eleitores indecisos e dos que vão votar nulo.

Margarida Vieira (PSB), a terceira candidata mais bem colocada na disputa, segue com 1,8%. Em quarto lugar, aparece José Tarcísio dos Santos (PSDC), com 1,1%. Os demais concorrentes ao Senado não alcançam 1% na preferência do eleitorado. Edilson Nascimento, do PTdoB, chega a 0,7%. Os postulantes a uma cadeira do Senado dos partidos de esquerda, Maria das Graças Vieira, a Graça (PCO), Pablo Lima (PCB) e Geraldo Batata (PSTU) empatam, com 0,5% das intenções de voto. A indefinição marca pelo menos um quarto do eleitorado identificado na pesquisa estimulada – aquela na qual os nomes dos concorrentes são apresentados aos entrevistados. Os indecisos e aqueles que não souberam responder em quem irão votar em outubro somaram 26,9%. Os eleitores que têm a intenção de anular o voto chegam a 13,3%. Os índices são preocupantes, uma vez que representam a segunda e a terceira maior preferência do eleitorado mineiro. Aqueles que não responderam aos questionários representam 0,4%. Espontânea. Na pesquisa espontânea – quando não são apresentados os nomes dos concorrentes aos cargos eletivos –, 45,5% dos eleitores disseram desconhecer os candidatos mineiros ao Senado. Já os que não sabem em quem irão votar em outubro ou que estão indecisos chegam a 31,9%. Antonio Anastasia também lidera na pesquisa espontânea. No total, 11,5% das pessoas optam pelo candidato tucano. Os que declaram que vão anular o voto alcançam a marca de 7,2%. O índice também supera o dos que pretendem votar em Josué Alencar, que é de 1,1%. A intenção de votos brancos, de 1%, supera o percentual de eleitores que citaram o nome da candidata Margarida Vieira como preferida: 0,3%. Ela empata com Tarcísio dos Santos e com o número dos que não responderam ao levantamento. Os demais candidatos alcançaram intenções de voto de 0,1% ou menores e, assim, sequer constam das tabelas nos gráficos nesta página. Diferentemente de 2010, quando existiam duas vagas para o Senado, neste ano, há apenas uma cadeira disponível para Minas Gerais, assim como para os outros Estados. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave