Pimentel venceria no 1º turno

Petista tem 33,2% das intenções de voto, enquanto Pimenta da Veiga (PSDB) alcança 20,7%

iG Minas Gerais | Carla Kreefft |

Pimenta da Veiga é o segundo colocado na pesquisa DataTempo
Uarlen Valerio -5.8-2014
Pimenta da Veiga é o segundo colocado na pesquisa DataTempo

De acordo com pesquisa realizada pelo DataTempo/CP2, o candidato do PT, o ex-ministro Fernando Pimentel, venceria a eleição para o governo de Minas no primeiro turno. Pelo levantamento, realizado de 31 de julho a 4 de agosto, ele registra 33,2% das intenções de voto. O seu adversário mais próximo é o candidato do PSDB, o também ex-ministro Pimenta da Veiga, que conta com 20,7% da preferência do eleitorado. O concorrente do PSB, ex-deputado federal Tarcísio Delgado, alcança 2,8% das intenções de voto, mantendo-se longe dos líderes. Os outros concorrentes contabilizam 1,1% das intenções de voto ou menos.

Considerando apenas as intenções de voto equivalentes aos votos válidos (eliminando indecisos, brancos e nulos), Pimentel tem maior percentual (33,2%) do que a soma de todos os outros candidatos (27,7%), o que lhe garantiria a vitória ainda no primeiro turno. Entretanto, o número de indecisos ainda é muito grande. Para 25% dos entrevistados, o voto ainda não está definido. Outros 11,9% dos pesquisados pretendem anular o voto, e 1,8% dizem que vão votarem branco. Espontânea. Na pesquisa espontânea, modalidade em que os nomes dos candidatos não são apresentados aos entrevistados, o número de indecisos é maior ainda, atingindo 29,9% do total. Esse percentual somente é superado pelo desconhecimento. Dos entrevistados, 40,3% afirmam que não conhecem os candidatos ao governo de Minas. Dizem que não pretendem votar em ninguém 7,1%. O petista Fernando Pimentel é o mais lembrado na pesquisa espontânea. Ele é citado por 10,6% dos entrevistados. O candidato do PSDB, Pimenta da Veiga, é lembrado por 7,4% dos pesquisados. O ex-governador Antonio Anastasia, que não concorre ao governo, é o nome de 1%. Tarcísio Delgado é o escolhido de 0,8%. O senador Aécio Neves, que disputa a Presidência da República, é a opção de 0,6%. O candidato pelo PHS, André Alves, que ontem renunciou à disputa, tem 0,2% das intenções de voto, mesmo índice de Cleide Donária, do PCO, que teve a candidatura indeferida pelo TRE. Os nomes citados com menos de 0,2% foram omitidos. Rejeição. Fernando Pimentel e Pimenta da Veiga também lideram a rejeição dos eleitores. Dizem que não votariam no petista de forma alguma 11,8%. Outros 9,5% dos entrevistados afirmam que não votariam no tucano. A rejeição ao candidato do PHS é de 6,7%. O nome do PSB, Tarcísio Delgado, registra rejeição de 5,5%, bem próxima da de Fidélis (PSOL), de 5,3%. Cleide Donária, candidata do PCO, não recebe os votos de 2,8%, e o professor Túlio Lopes é rejeitado por 2% dos entrevistados. A pesquisa tem margem de erro de 2,29 pontos para mais ou para menos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave