Brasil é o 10º em número de multimilionários

Os números da New Wold Wealth mostram que o Brasil é um país bem desigual. Enquanto está bem no ranking de multimilionários, está mal no desenvolvimento humano

iG Minas Gerais | Da redação |

Jorge Paulo Lemann, sócio da Inbev, é o homem mais rico do Brasil
Jorge Paulo Lemann, sócio da Inbev, é o homem mais rico do Brasil

Relatório da consultoria New World Wealth, da África do Sul, indica que o Brasil é o décimo país com maior número de multimilionários, e São Paulo é a 17ª cidade que mais concentra “super-ricos” no mundo. A consultoria define como multimilionários indivíduos que possuem ativos de pelo menos US$ 10 milhões (R$ 22,8 milhões). No Brasil, há 10.300 de pessoas com esse perfil, sendo que São Paulo reúne 4.400 deles. O Rio de Janeiro, com 2.200 multimilionários, aparece na 27ª posição mundial. Entre os países com maior número de multimilionários, Estados Unidos (183.500), China (26.600) e Alemanha (25.400) lideram. No mundo, há 495 mil multimilionários, uma alta de 71% nos últimos dez anos, disse a consultoria. Neste mesmo período, o número de milionários (com fortuna acima de US$ 1 milhão) cresceu 58%, chegando a 13 milhões em junho deste ano. O estudo atribuiu o maior crescimento dos multimilionários a diversos fatores, como o rápido crescimento de países com alta concentração de pessoas com grandes fortunas nesse período, como Rússia e Índia. Os números da New Wold Wealth mostram que o Brasil é um país bem desigual. Enquanto está bem no ranking de multimilionários, está mal no desenvolvimento humano. O Brasil ocupa apenas o 79º lugar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em balanço divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU) com base em dados de 2013. O Brasil está pior do que países como Azerbaijão, Jordânia e Sérvia.

Ranking Países com maior número de multimilionários: 1- EUA (183.500) 2- China (26.600) 3- Alemanha (25.400) 4 -Reino Unido (21.700) 5 - Japão (21.000) 10 - Brasil (10.300) Os mais ricos do Brasil (segundo a “Forbes”): Jorge Paulo Lemann US$ 19,7 bi/AB/Inbev Joseph Safra US$ 16 bi Banco Safra Marcelo Hermann Telles US$ 10,2 bi/AB/Inbev João Roberto Marinho US$ 9,1 bi/Globo

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave