Cofre submerso tem 134 moedas de ouro

Outro achado foi um sextante, equipamento de navegação utilizado para determinar o ângulo entre um objeto celestial e o horizonte

iG Minas Gerais | William J. Broad |

Nova York. Uma grande descoberta ainda enterrada no fundo do mar é um enorme cofre de ferro, cuja porta foi corroída. A equipe exploradora dirigiu o grande robô, equipado com braço manipulador, para abrir a porta.  

O cofre continha vários pacotes. Dois pacotes menores, amarrados com barbante e selados com cera vermelha, “parecem estar cheios de papéis” e estão sob guarda “até que possam ser abertos e estudados num laboratório de conservação adequada”, comentou o relatório.

Entre os outros itens encontrados no cofre estão uma pistola e duas bolsas de tecido de algodão muito bem embaladas, com moedas e pepitas de ouro.

Uma bolsa de tecido foi aberta revelando uma pequena fortuna em moedas conhecidas como “águias duplas”, cujo valor de face era de US$ 20 (R$ 45) no século XIX. Hoje, moedas de procedência similar são vendidas online entre US$ 9.500 (R$ 21.475) e US$ 110 mil (R$ 248 mil) o exemplar. A bolsa continha 134 delas.

Outro achado foi um sextante, equipamento de navegação utilizado para determinar o ângulo entre um objeto celestial e o horizonte. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave