De hobby à escolha profissional

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Os empresários André Arreguy e Aysla de Oliveira têm uma história parecida que envolve o mundo da charcutaria. Arreguy era bancário e, aos fins de semana, o churrasqueiro oficial da turma de amigos. Aysla é artista plástica e sempre se interessou pelos assuntos da cozinha. Eles não se conhecem, mas percorreram o mesmo caminho: depois de descobrirem a defumação, acabaram transformando o que era hobby em profissão.

Arreguy ainda prepara os produtos em casa, em um defumador que ele mesmo construiu – basta adaptar uma tampa para a churrasqueira.

“Comecei fazendo para mim, para receber as pessoas. Aí elas experimentavam os produtos e queriam comprar. Passei a me dedicar mais a isso e, hoje, vivo disso. Minha produção é bem pequena, caseira, vendo só para amigos e conhecidos. Mas pelo aumento da demanda, já vi que vou ter que crescer. Quem sabe, um dia, montar uma salumeria?”, questiona-se. “É um prazer grande fazer tudo isso com minhas mãos, desde escolher a carne, prepará-la, depois defumar. Me descobri nessa função”, afirma.

Já Aysla investiu na construção de uma estufa de defumação, em que prepara receitas clássicas e realiza testes. “Faço desde pimentão defumado, carnes variadas, frango, peixe, até o sal, que ainda é novidade para muita gente. Na defumação, o que conta é a experiência. Quanto mais você faz, mais quer fazer, porque as possibilidades são infinitas”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave