Goiás consegue efeito suspensivo e pode jogar em casa

Esmeraldino tinha sido punido com a perda de quatro mandos de campo; na ocasião, uma bomba foi arremessada em campo por parte da torcida do Goiás

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Goiás conseguiu um efeito suspensivo nesta quinta-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), e poderá atuar no Estádio Serra Dourada até que o Pleno do Tribunal julgue em definitivo o clube, punido com a perda de quatro mandos de campo na semana passada.

A punição é referente à partida da 11.ª rodada, em 20 de julho, quando o Goiás ficou no 0 a 0 com o Sport, no Serra Dourada. Na ocasião, uma bomba foi arremessada em campo por parte da torcida do Goiás, como relatou na súmula o árbitro Péricles Bassols.

Como o Goiás é reincidente, o relator do caso, Wanderley Godoy, pediu punição de quatro jogos e multa de R$ 50 mil. Os auditores acompanharam o voto do relator. A previsão era que o time fosse obrigado a jogar a 100km de Goiânia contra Inter (15.ª rodada), Cruzeiro (17.ª), Atlético-PR (18.ª) e Flamengo (20.ª).

Agora, com o efeito suspensivo e a falta de uma data para o julgamento do recurso, não há tempo hábil para tirar de Goiânia a partida contra o Internacional, marcada para o próximo dia 16 (sábado), às 18h30.

O Goiás já havia sido punido no ano passado por confusões envolvendo sua torcida no Brasileirão 2013. Por isso, começou a edição desta temporada cumprindo duas perdas de mando de campo, diante de Criciúma (em Itumbiara-GO) e Botafogo (Juiz de Fora-MG).

Leia tudo sobre: futebolesportegoiasefeito suspensivo