São Paulo recusa proposta do Benfica por Denilson

Clube português tentou contratar o volante, mas ouviu uma negativa e, por ora, não deve fazer nova investida, mas não descarta uma nova tentativa de aproximação no futuro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Por enquanto, Denilson permanecerá no São Paulo
Luiz Pires/Vipcomm
Por enquanto, Denilson permanecerá no São Paulo

O São Paulo recusou uma proposta do Benfica por Denilson. O clube português tentou contratar o volante, mas ouviu uma negativa e, por ora, não deve fazer nova investida, mas não descarta uma nova tentativa de aproximação no futuro. Os valores são mantidos sob sigilo.

Foi o próprio jogador que confirmou a negociação. Ao site da ESPN, Denilson elogiou o clube português, mas disse estar focado em recuperar seu espaço no Morumbi. "O Benfica está interessado, o meu advogado está conversando, não sei o que o São Paulo decidiu. O Benfica é um grande clube, mas neste momento eu prefiro deixar com o meu advogado para que ele resolva da melhor forma possível", disse o jogador.

A negociação teria grandes chances de acontecer há alguns meses, mas, como o clube se desfez de praticamente todos os jogadores da posição, os diretores avaliaram que perder um dos últimos volantes do elenco seria prejudicial para a equipe na temporada. Além de Denilson, o São Paulo dispõe apenas de Souza e Hudson no elenco - Wellington foi emprestado para o Inter, João Schmidt transferiu-se para o futebol português e Fabrício acertou com o Vasco após ser afastado. Rodrigo Caio, outro que poderia fazer a função, só volta no ano que vem após lesionar o joelho.

Formado pelo clube tricolor, Denilson tem um dos maiores salários do elenco e atuou apenas seis vezes em 2014. O jogador nunca foi bem aceito pela diretoria anterior e só teve o contrato renovado por insistência do então técnico Ney Franco e de Adalberto Baptista, que conseguiu dobrar o ex-presidente Juvenal Juvêncio e prorrogou o vínculo até 2017.

Leia tudo sobre: futebolesportedenilsonbenficasao paulovolante