Ainda mais Ka

Hatch da Ford ganha inédita versão sedã, que chega ao mercado brasileiro com motores 1.0 de três cilindros e 1.5 de quatro cilindros

iG Minas Gerais | Raimundo Couto |

Modelo com carroceria rês volumes tem grade frontal filetada, enquanto no hatch a peça tem trama hexagonal
Ford/Divulgação
Modelo com carroceria rês volumes tem grade frontal filetada, enquanto no hatch a peça tem trama hexagonal

Atenta à fatia de maior peso e representação do mercado brasileiro, a Ford, de uma só tacada, tira dois coelhos da cartola. Primeiro, com a renovação completa do Ka – seu modelo de entrada – e logo depois ao lançar, nesta semana, sua versão três volumes, denominada Ka +. Para relembrar, a nova geração do hatch será oferecida apenas com carroceria de quatro portas. Além disso, o motor que agora empurra o modelo é um novíssimo 1.0 com três cilindros.

O irmão sedã, que acaba de nascer, também chega com muitos atributos. Detalhes visuais remetem a projetos globais Ford, como a nova grade trapezoidal e os faróis alongados Assim como o hatch, o Ka+ trouxe para o Brasil a Assistência de Emergência, sistema que faz uma chamada automática para o serviço de emergência 192 do Samu em caso de acidente com acionamento dos airbags ou do corte de combustível do veículo.

A versão de entrada SE já vem com rádio com conexão Bluetooth para celular, entradas USB e auxiliar e microfone posicionado no teto, que permite qualidade na conversação.O porta-malas conta com abertura elétrica de série, comandada pelo controle remoto da chave ou botão no painel. Ele acomoda 445 l no sedã. Já o estepe, fino, fica sob o forro, e não mais do lado externo, como era no antigo Ka.

Na parte de segurança, o Ka conta com freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), controle de frenagem em curvas e assistência de frenagem de emergência (EBA), que maximiza a desaceleração quando o motorista pressiona o freio rapidamente e pisca as luzes para alertar os motoristas de trás. São também os únicos da categoria a oferecer controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac). Esse sistema inclui ainda a assistência de partida em rampa (HLA), que evita a rolagem do carro para trás ao se tirar o pé do freio em ladeiras.

Por dentro, há apliques imitando metal escovado, tecido de boa qualidade nos bancos e lateral de portas e texturas agradáveis nas peças plásticas. A posição elevada para posicionamento do banco do motorista deve agradar o público feminino. O quadro de instrumentos é simples, mas prático. O Ka+ virá equipado apenas com o propulsor Sigma 1.516V, de 111 cavalos de potência (com etanol), também utilizado no New Fiesta. A estratégia da Ford com a nova família Ka é mirar em oponentes como HB20S e o Etios Sedan.

Preços e versões O Ka + estreia em três versões: SE, SE Plus e SEL. As configurações de pacotes de itens de série e opcionais são as mesmas do hatch. A primeira, SE sai por R$37.890 com motor 1.0 e por R$42.890 com motor 1.5. A versão SE Plus acrescenta vidros elétricos traseiros e sistema de conectividade SYNC, com preços de R$ 39.890 com motor 1.0 e R$ 44.890 com motor 1.5. A versão de topo SEL vem ainda com controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampas (HLA), rodas de liga leve de 15 polegadas e pneus 195/55 R15, faróis de neblina, computador de bordo, alarme volumétrico, ajuste de altura do banco do motorista, acabamento SEL, grade dianteira com aplique cromado e lanternas traseiras escurecidas. O 1.0 fica em R$ 42.490, enquanto o 1.5 sai por e R$ 47.490.

Leia tudo sobre: FordKaKa+sedã