América faz nesta quinta-feira último treino combola no CT do Icasa

Técnico Moacir Júnior já tem o time praticamente definido, mas ainda vai aguardar pela escalação do adversário

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Há 35 dias no comando do América, Moacir Júnior espera chegar às semifinais da competição
Reprodução/Site América
Há 35 dias no comando do América, Moacir Júnior espera chegar às semifinais da competição

O América faz na tarde desta quinta-feira seu último treino com bola antes do confronto com o Icasa marcado para esta sexta-feira, às 19h30, no Estádio Mauro Sampaio, em Juazeiro do Norte-CE. A atividade será realizada no CT do próprio Icasa, que fica localizdo próximo ao hotel onde a delegação americana está concentrada desde a madrugada desta quinta-feira.

O técnico Moacir Júnior viajou para o Ceará levando dúvida na formação do time. Mais uma vez, ele faz mistério se vai utilizar três volantes e um meia ou dois volantes e dois meias. Com a suspensão de Mancini pelo terceiro cartão amarelo, Tchô será o armador da equipe. A principal novidade poderá ser a entrada de Willians no meio-campo com Ricardinho formando o ataque ao lado de Obina.

Se optar por três volantes, Thiago Santos formaria o setor com Leandro Guerreiro e Andrei. O América ainda poderá ter a estreia do atacante Bruninho, que foi apresentado na última quarta-feira como o novo reforço do clube para a sequência da Série B. “Prefiro esperar um pouco mais antes de decidir com qual formação vamos iniciar. Temos boas opções e todas nos agradam”, afirmou Moacir Júnior.

O treinador americano entende que o América não terá nenhu tipo de prejuízo ofensivo se atuar com mais um volante, da mesma forma que não se preocupa com a exposição da defesa se usar mais um armador.“Contra o América-RN jogamos com o Thiago Santos e a equipe criou muitas chances. Perdemos, mas fizemos uma boa apresentação. No último jogo, não jogamos tão bem e vencemos. Mas a Série B é assim, vai haver sempre uma alternância. O importante é estarmos preparados para cada uma das situações”, declarou Moacir Júnior.