Sem-teto invadem prédio que pertence à Santa Casa no centro de SP

Segundo representantes da LMD, ao menos 180 pessoas ocuparam o prédio na esquina da ruas Amaral Gurgel e General Jardim; entre os sem-teto, há pessoas que foram despejadas de ocupações na semana passada

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um grupo de sem-teto ligados a LMD (Luta por Moradia Digna) invadiu por volta da 1h desta quinta-feira (7) um prédio de cinco andares na Vila Buarque, região central de São Paulo.

Segundo representantes da LMD, ao menos 180 pessoas ocuparam o prédio na esquina da ruas Amaral Gurgel e General Jardim. Entre os sem-teto há pessoas que foram despejadas de ocupações nas ruas Santa Ifigênia e Consolação, na semana passada.

O prédio invadido pertence à Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e está em condições irregulares com a prefeitura, segundo o grupo. A Santa Casa ainda não se pronunciou sobre a ocupação.

Por volta das 3h, cerca de 30 pessoas ligadas ao movimento estavam do lado de fora do prédio dando apoio ao grupo.

Ao menos cinco seguranças da Santa Casa observavam o grupo do outro lado da rua.

A PM também esteve no local, conversou com os sem-teto e foi embora.

Há duas semanas o mesmo grupo tentou invadir dois prédios na região e foi retirado pela PM.

Acampados

Outro grupo de sem-teto ligado a LMD está acampado em barracas de camping desde o dia 31 de julho em frente à Prefeitura de São Paulo, na região central.

Desde a início do acampamento o número de barracas aumentou no local. Na madrugada desta quinta-feira (7), havia 62 barracas de camping, além de um espaço coberto com lona que funciona como uma cozinha improvisada.

No dia da ocupação, ao menos 70 pessoas montaram 48 barracas.

Guardas Civis Municipais observavam à distância o acampamento dos sem-teto.

Leia tudo sobre: Brasilsem-tetoocupaçãoacampamentoSanta CasaSão PauloProtestomanifestação