Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Tchô vai ser o único meia de ligação disponível para enfrentar o Icasa, devido à suspensão de Mancini. Independentemente de utilizar só um articulador pelo centro, no esquema de Moacir Júnior, e da possibilidade de poder contar com os dois jogadores em outras partidas, ainda assim existe a necessidade de se contratar um armador. Reforçar a equipe com o típico meia de criação capaz de ser titular e chamar a responsabilidade de comandar o ritmo do jogo. Tchô e Mancini se destacaram mais pelos gols marcados do que pela organização das jogadas. Tiveram bons momentos, mas não mantiveram sequência de alto desempenho. Sem esse reforço, as soluções para aumentar a capacidade criativa são as subidas dos laterais, a aproximação do volante e a centralização do meia-atacante que joga aberto pelos lados, ou a escalação dos dois articuladores.  A voz da Massa  

Saudações alvinegras! A minha política de só falar de uma contratação quando ela está concretizada muitas vezes se justifica. A negociação com o volante Fernando, do Shakhtar, é um exemplo: o negócio ia muito bem quando, de repente, tudo esfriou, e os dois lados deram por encerrado as negociações. Mas agora a coisa já esquenta de novo, e eu me arrisco a dizer que, desta vez, o ótimo Fernando está muito próximo do Galo. Caso a contratação seja fechada, será um bom negócio para nós, mas, por enquanto, vamos aguardar uma resposta definitiva. Certa mesmo é a chegada do zagueiro Tiago Pagnussat, que estava no Caxias. Confesso que não conheço bem o cara, mas conversei com um amigo que mora naquela cidade, e as referências que ele me deu sobre o jogador foram as melhores possíveis. É uma aposta, e não custa tentar. Vai que dá certo. A voz Celeste Todos os jogos do Campeonato Brasileiro valem três pontos. Existem uns que, para mim, valem mais, são aqueles contra times grandes, que lutam pelo título. Então, contra o Criciúma, é um daqueles jogos em que o maior de Minas não pode perder pontos. Já perdemos dois para o Botafogo, mas o time carioca vai tirar pontos de muitos grandes. A missão na Toca da Raposa é trazer os três pontos de Santa Catarina. Marcelo Oliveira tem a semana toda para preparar o time, com pequenas baixas, que são os casos de Bruno Rodrigo, Júlio Baptista e Henrique. Para mim, William tem que voltar ao time titular, no lugar de Marquinhos. Desde que o atacante baiano chegou, eu falei que era jogador para compor o grupo. Marquinhos mostrou evolução e vai ser útil, agora William é aquele jogador que faz a diferença e está totalmente adaptado ao estilo de jogo do Cruzeiro. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave