O mesmo dentro e fora de casa

Como na conquista do Brasileirão de 2013, equipe mostra força em todos os duelos que disputa

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Zagueiro Dedé foi um dos que treinou finalizações de cabeça
Washington Alves
Zagueiro Dedé foi um dos que treinou finalizações de cabeça

O Cruzeiro aprendeu como ninguém a maneira de se jogar o Brasileiro de pontos corridos. Assim como em 2013, a equipe deste ano repete a fórmula de sucesso da conquista do tricampeonato: mostra força como mandante, vencendo grande parte de seus jogos, e busca triunfos importantes fora de casa.

Além de seguir essa receita à risca, a Raposa tem feito muito mais. Além de conquistar 88% dos pontos disputados em seus domínios, com cinco vitórias e um empate até agora, o clube é o visitante mais indigesto da competição nacional. Se forem computadas apenas as partidas que a Raposa fez como visitante, o time também ocupa a liderança do campeonato, com 13 pontos, sendo quatro vitórias, um empate e duas derrotas.

O bom desempenho em qualquer lugar em que jogue fez a agremiação estrelada acumular cinco partidas sem perder, com quatro triunfos e um empate, atingindo praticamente a metade da sequência arrasadora que o time obteve em 2013, ficando 11 seguidos jogos sem derrota.

O meia-atacante Everton Ribeiro considera a concentração dos jogadores como um dos motivos para apresentar o mesmo nível de atuações dentro e fora de casa. “A gente sabe que nenhum jogo é fácil. Por isso, estamos sempre focados e preparados, atentos a todo momento. Buscamos sempre tentar manter o nível de atuações fora de casa”, declarou.

Já o volante Lucas Silva afirma que o pensamento dos cruzeirenses é sempre o mesmo em todas as partidas, independentemente do local: vencer. Até porque, segundo o jogador, o elenco estrelado sabe das dificuldades de se conquistar a Série A pela quantidade de adversários qualificados que podem brigar pelo caneco.

“Fora de casa vamos pra somar pontos. Infelizmente, não deu para conquistar o triunfo contra o Botafogo, mas a gente podia ter saído com a vitória. A gente tem gordura pra queimar, mas não podemos dar brecha. Queremos aumentar essa vantagem (na liderança) porque os nossos adversários são bem fortes”, analisou o jovem atleta.

Mesmo com a sequência sem perder, a vantagem na liderança e as boas atuações dentro e fora de casa, os jogadores celestes preferem evitar o rótulo de favorito.

“Sabemos que estamos bem, jogando um futebol pra frente, com muita dedicação e qualidade. Temos que nos manter assim. Mas não aponto quem vai disputar o título. Não gosto de falar nem que a gente vai brigar (pelo caneco). Prefiro manter os pés no chão”, disse o zagueiro Dedé.

Programação

Hoje e amanhã. Nesta quinta-feira, os atletas do Cruzeiro treinam pela manhã. Já na sexta-feira, a delegação embarca, às 9h40, para Criciúma (SC), onde haverá um treino no fim da tarde para o jogo de sábado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave