Suspeito de matar estudante no Norte estava foragido

iG Minas Gerais |

O suspeito de matar a ex-namorada em Montes Claros, no Norte, anteontem, tinha mandado de prisão em aberto desde 15 de maio último, por descumprimento de medida protetiva concedida a uma mulher com quem ele havia se relacionado – e não à vítima, a estudante de medicina Sara Teixeira de Souza, 35, conforme inicialmente a Polícia Civil havia informado.

Sara havia prestado queixa contra o comerciante Leandro Dantas Freitas, 28, e aguardava resposta de pedido de medida protetiva. Segundo a corporação, ela procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da cidade em fevereiro último alegando estar sendo importunada pelo ex.

Após uma ex do suspeito também procurar a delegacia com a mesma queixa em relação a Freitas, foi pedida a prisão preventiva de Freitas, não encontrado em quatro diligências.

Sara foi morta dentro de casa. O suspeito foi preso horas após ter deixado o prédio da vítima e confessou o crime. (Bruna Carmona)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave