Repasses geram controvérsia

iG Minas Gerais |

O candidato do PT ao governo de Minas, Fernando Pimentel, acusou ontem o governo do PSDB de se “omitir” em relação à saúde. Em visita à Santa Casa de Belo Horizonte, o petista afirmou que há atraso nos repasses para a instituição. “A Santa Casa há um ano não recebe recursos do Estado, sendo que a maior parte dos recursos é federal”, afirmou, citando a falta de verba para o programa Rede Cegonha.

Provedor da Santa Casa, Roberto Otto disse ontem após encontro com Pimentel que não procede o atraso nos repasses estaduais. “Não temos repasses atrasados do Estado. Tem alguns da Rede Cegonha, mas são pontuais”. Ele confirmou, porém, as dificuldades enfrentadas. (IL)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave