Levir Culpi diz que Jô precisa de apoio e não de punição

Treinador alvinegro irá conversar com o atleta para saber se o atacante tem condições psicológicas de entrar em campo no domingo.

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Após faltar ao treino de segunda-feira e não ter viajado com a delegação alvinegra para Chapecó, o atacante Jô voltará a trabalhar com todo o elenco nesta sexta, na Cidade do Galo. Para a diretoria, a situação está resolvida. Resta saber quais os planos que Levir Culpi terá para o centroavante daqui para frente.

Depois do empate em 1 a 1 com a Chapecoense, o treinador disse que, a princípio, não pensa em deixar o jogador de fora da próxima partida, no domingo, ante o Palmeiras, no Independência. Ele terá uma conversa com o atleta para decidir o que fazer.

“Com a diretoria passando essa situação para o departamento técnico, vamos avaliar. Talvez o jogador precise de apoio agora, e não de punição. Vou ouvir o atleta primeiro”, disse Levir Culpi.

O treinador ressaltou que Jô tem um papel fundamental dentro do elenco. “Não há o que contestar a parte técnica dele. É um jogador de seleção”, completou o técnico alvinegro.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloJoLevir Culpi