Brasil mantém judocas no topo do último ranking antes do Mundial

Alguns atletas, como o minastenista Alex Pombo, conseguiram melhorar a classificação; campeonato mundial começa no dia 25 de agosto, na Rússia

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

No último ranking internacional divulgado federação de Judô antes do Mundial em Chelyabinsk, o Brasil continua em posto de destaque e tem doze atletas como cabeças-de-chave, divididos igualmente no feminino e no masculino. Alguns judocas, como o minastenista Alex Pombo, conseguiram melhorar a classificação. O campeonato começa no dia 25 de agosto, na Rússia.

Os oito melhores de cada categoria foram o grupo de cabeças-de-chave do Mundial. Como benefício, os atletas terão direito a repescagem a partir das quartas de final.

A delegação brasileira conta com 18 judocas e tem bastante esperança de medalhas em todas as categorias. Cinco atletas da Belo-Dente Minas participarão da competição: Luciano Côrrea, Alex Pombo, Ketlyn Quadros, Érika Miranda e Mariana Silva.

Outros destaques do Brasil são a jovem Mayra Aguiar, que volta a competições depois de se recuperar de duas cirurgias, o peso-pesado Rafael Silva, vice-campeão no anterior, Rafaela Silva, ouro no Mundial do Rio, em 2013, e o experiente Tiago Camilo.

“Sabia que ser cabeça de chave nesse Mundial seria muito difícil porque fiz somente duas competições após um ano afastado. Quero brigar por medalha e, para isso, enfrentarei fortes adversários logo no início. Mas o mais importante é estar  preparado física e psicologicamente”, comentou o atleta.

Grand Prix. O Minas terá dois representantes mineiros no Grand Prix de Zagreb, na Croácia. O meio-pesado Hugo Pessanha (-100kg) e a ligeira Nathália Brígida foram convocados pela delegação brasileira e estarão na disputa, que vai de 10 a 15 de setembro deste ano.

Leia tudo sobre: judôrankingseleçãominas tênis clube