Pimenta arrecada quatro vezes mais que Pimentel

Tucano Pimenta da Veiga é o líder em despesas e arrecadação, com mais de R$ 2,8 milhões gastos até agora na campanha; Pimentel recebeu mais de R$ 1,1 milhão em doações

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Tribunal Superior Eleitoral divulgou, no início da noite desta quarta-feira (6), a primeira parcial de prestação de contas dos candidatos ao governo estadual.

O tucano Pimenta da Veiga é o líder em despesas e arrecadação, com mais de R$ 2,8 milhões gastos até agora na campanha. O candidato também se destaca no número de doações recebidas, já atingindo quase R$ 4 milhões. De acordo com a parcial, maior parte veio dos próprios diretórios do PSDB, mas empresas como o Supermercados BH e a Pavidez Engenharia também depositaram dinheiro.

Fernando Pimentel, candidato pelo PT, é o 2º que mais arrecadou, tendo recebido pouco mais de R$ 1,1 milhão. Os principais doadores da campanha petista são a MRV Engenharia e a Esdeva Indústria Gráfica. Destes, R$ 717 mil já foram gastos.

Os candidatos Eduardo Ferreira (PSDC), André Alves (PHS) e Cleide Donária não informaram nenhum tipo de doação ou despesa.

Fidélis Alcântara, do PSOL, indicou um total de R$ 928,50 em suas despesas até o momento. Nas arrecadações, o publicitário recebeu apenas doações de pessoas físicas. Túlio Lopes, do PCB, não indicou qualquer tipo de gasto, mas informou uma doação de R$ 200 vinda da própria conta bancária.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave