Quadrilha presa em Ouro Preto também atuou em BH

Investigações da polícia acusam três condenados por assaltos a supermercados em Ouro Preto de também terem infringido a lei na Região Metropolitana

iG Minas Gerais | ENNIO RODRIGUES |

Nesta quarta-feira (6) a polícia civil apresentou três acusados de assaltos a um supermercado em Contagem e a uma joalheria em Belo Horizonte. Fábio Egid Soares Sena, de 32 anos, Henrique Nogueira Maciel Reis Lopes, de 25 anos, e Bener Henrique dos Santos Silva, de 21 anos, estão presos em Ouro Preto condenados por assaltos na cidade histórica, também em estabelecimentos comerciais.

Graças às imagens do circuito interno de uma das vítimas da joalheira, em Belo Horizonte, foi possível identificar os acusados e verificar que já haviam sido presos pela polícia de Ouro Preto. Agora, o foco do trabalho policial é confirmar ou não a suspeita de que outros crimes foram cometidos pela quadrilha.

De acordo algumas vítimas, o grupo possui um quarto elemento ainda não confirmado. Com os criminosos, foi encontrado parte do material roubado, como joias e outros produtos, que foram devolvidos aos proprietários. Para se locomover, a quadrilha utilizou um carro registrado no carro da mãe de Henrique Nogueira. Ela afirmou desconhecer as ações do filho.

Leia tudo sobre: OURO PRETOSUPERMERCADOASSALTOJOALHERIA