Aécio faz campanha em porta de fábrica nesta quinta

Um dos objetivos da agenda é mostrar aos trabalhadores que Aécio Neves tem as melhores propostas para colocar a economia brasileira novamente no rumo do crescimento

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Aécio Neves promete reduzir ministérios e dar atenção especial ao Nordeste
George Gianni/psdb
Aécio Neves promete reduzir ministérios e dar atenção especial ao Nordeste

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, fará campanha na porta da Voith do Brasil, indústria de máquinas em São Paulo, nesta quinta-feira (7) às 6h30, horário de entrada dos trabalhadores. O presidente do Solidariedade, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho - presidente licenciado da Força Sindical, um dos responsáveis pela definição da agenda do tucano com sindicalistas -, disse que a escolha da indústria foi simbólica. "Escolhemos a Voith porque ela é uma indústria de máquinas, um dos setores produtivos mais penalizados com a política econômica em curso no País, com um déficit na balança comercial de mais de US$ 25 bilhões", disse Paulinho.

O presidente do Solidariedade explicou que a indústria produz, por exemplo, máquinas para a produção de papel e turbinas hidrelétricas, "que são setores fortemente afetados hoje no Brasil". Um dos objetivos da agenda é mostrar aos trabalhadores que Aécio Neves tem as melhores propostas para colocar a economia brasileira novamente no rumo do crescimento. A Voith tem cerca de 4 mil trabalhadores e o seu sindicato é ligado à Força Sindical.

Paulinho informou que Aécio deve estar acompanhando, amanhã, de correligionários, como o governador Geraldo Alckmin, que é candidato à reeleição ao Palácio dos Bandeirantes pelo PSDB. Na agenda sindical organizada por Paulinho está previsto também, até o final deste mês, um encontro do presidenciável tucano com trabalhadores ligados à Força Sindical e a outras centrais que apoiam sua candidatura.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave