Ladrão se arrepende, devolve moto, e deixa bilhete

O bilhete foi fotografado e divulgado nas redes sociais; Segundo a polícia, a imagem não foi feita pela corporação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um furto aparentemente comum teve um desdobramento curioso na cidade de Russas, a 165 km de Fortaleza. Na segunda-feira (4), foi encontrada na zona rural uma moto abandonada, com a chave na ignição e um bilhete escrito a mão preso no assento.

O bilhete, cheio de erros gramaticais, reclamava do estado da moto: "Ajeita essa porqueira, macho. Não dá nem pra fazer um assalto. Isso não serve nem pra botar no lixo, seu fulero. Compre uma brozinha, macho. Valeu, compadre".

Policiais recolheram o veículo, mas acreditaram que se tratava de uma brincadeira, já que não havia registro de furto na delegacia e a placa da moto era da cidade vizinha de Jaguaruna.

O bilhete foi fotografado e divulgado nas redes sociais. Segundo a polícia, a imagem não foi feita pela corporação. "Não partiu de ninguém daqui. A moto pode ter ficado abandonada por vários dias, alguém pode ter visto e fotografado. Nós estávamos tratando o bilhete como material de investigação", disse o major Claudemir Ferreira, responsável pelo caso.

Segundo a PM, somente na noite de terça-feira (5) foi registrado um boletim de ocorrência do furto da moto, uma Honda de 125 cilindradas de 1997, em Russas.

"Ela é uma moto bem velha. E está mesmo em um estado bem ruim de conservação", afirmou o major Ferreira.

Nesta quarta-feira (6), a polícia vai encaminhar a motocicleta até a delegacia para que seja retirada pelo proprietário mediante apresentação dos documentos do veículo.

O bandido que furtou a moto ainda não foi identificado. A polícia diz que ainda trabalha no caso.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave