Dilma diz que fez mais pelo setor energético do que FHC

A presidente declarou também que fez o dobro de linhas de transmissão de energia em sua gestão, em torno de 22 mil quilômetros, enquanto o governo tucano fez 10 mil quilômetros

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Dilma defende combate à inflação e diz que episódio do Santander foi lamentável
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Dilma defende combate à inflação e diz que episódio do Santander foi lamentável

Em campanha pela reeleição, a presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira que fez mais pelo setor energético em seu governo que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Ela fez essas declarações em Altamira, no interior do Pará, onde esteve para gravar imagens para o seu programa eleitoral. Dilma visitou as obras da usina de Belo Monte, no rio Xingu.

"Em meus quatro anos de governo nós quase empatamos com os oito anos de governo Fernando Henrique em geração (de energia elétrica). Vamos completar 20 mil megawatts, enquanto eles fizeram 21 mil megawatts", afirmou Dilma. A presidente declarou também que fez o dobro de linhas de transmissão de energia em sua gestão, em torno de 22 mil quilômetros, enquanto o governo tucano fez 10 mil quilômetros. As declarações foram dadas durante entrevista de Dilma em Altamira.

A presidente sobrevoou as obras das usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu; fez gravações para o seu programa de TV no canteiro de obras e ainda almoçou no local. Depois ela foi de helicóptero para Almeirim, no noroeste do Pará, onde estava previsto um sobrevoo sobre as obras de construção da linha de transmissão de Tucuruí para Macapá (AP). As despesas com o transporte desta viagem eleitoral de Dilma ao Pará serão pagas pelo PT, uma vez que foram utilizados equipamentos da Força Aérea no roteiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave