Governo brasileiro reforça alerta sobre vírus ebola para hospitais

Ministro da Saúde Arthur Chioro disse que não há, até o momento, nenhum caso suspeito de ebola no país, mas que o Brasil mantém o reforço

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ministro Arthur Chioro (Saúde) afirmou, nesta terça-feira (5), que o governo reforçou os critérios para o diagnóstico do ebola junto aos hospitais de referência no país e aos gestores locais da saúde. "Ontem reforçamos com a nossa rede de hospitais de referência, junto às secretarias municipais e estaduais, critérios de diagnóstico, a necessidade de estarmos atentos", disse o ministro.

Chioro disse que não há, até o momento, nenhum caso suspeito de ebola no país, mas que o Brasil mantém o reforço já feito com portos e aeroportos para que passageiros eventualmente suspeitos sejam identificados e encaminhados aos hospitais de referência.

"Continuaremos trabalhando com muita sintonia com a Organização Mundial da Saúde, em relação a cada passo que o Ministério da Saúde tomará."

Os dois americanos infectados com o vírus do ebola que estão recebendo uma droga experimental como tratamento mostram sinais de recuperação .

Médicos e pesquisadores, porém, afirmam que é impossível saber se a melhora do quadro de saúde da missionária Nancy Writebol e Kent Brantly é um resultado direto do novo tratamento ou uma resposta do próprio organismo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave