Construtoras querem reduzir investimento

O diretor da Alphasul Consultoria Imobiliária, Márcio Tavares Lanna, lembra que a saturação do mercado de imóveis na capital é uma realidade

iG Minas Gerais | ludmila pizarro |

A capital mineira está prestes a diminuir seu coeficiente de construção em toda a área urbana. Pelo menos é essa a intenção da prefeitura da cidade com as mudanças na lei de uso e ocupação do solo urbano. Conscientes dessa situação, algumas construtoras já estão deixando de investir em Belo Horizonte. “Estamos direcionando nossos investimentos para a região metropolitana”, explica Igor Marfará, diretor do grupo Marfará Martins da Costa (MMC).  

O diretor da Alphasul Consultoria Imobiliária, Márcio Tavares Lanna, lembra que a saturação do mercado de imóveis na capital é uma realidade. “Enquanto nas cidades dos arredores estão chegando vários investimentos e novas empresas, em Belo Horizonte estamos vivendo o contrário. E não tem outro jeito. O poder público não está errado se você pensar bem. Tem que investir na descentralização. A necessidade é muito grande de investimento em mobilidade, saneamento, segurança e não tem mais volta”, opina Lanna.

Igor Marfará lembra que nas cidades próximas é mais fácil se locomover. “Em um condomínio de Lagoa Santa é possível ir ao centro a pé e ter área de lazer completa em casa”, diz. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave