Conta sobe em 12 cidades e aumenta receita da Copasa

Sistema de tratamento de esgoto eleva tarifa de 50% para 90%

iG Minas Gerais |

ETE’s. Implantação de estações de tratamento nos municípios alterou o percentual de cobrança
COPASA/DIVULGAÇÃO
ETE’s. Implantação de estações de tratamento nos municípios alterou o percentual de cobrança

A conta de água dos moradores de 12 cidades mineiras ficaram 90% mais caras neste ano. O reajuste, feito devido à implantação de coleta e tratamento de esgoto, ajudou a inflar a receita operacional líquida de serviços da Copasa, que somou R$ 968,89 milhões no segundo trimestre – um aumento de 6,1% na mesma base de comparação com o ano passado.

“A alteração no percentual de cobrança de 12 municípios onde o esgoto começou a ser tratado contribuiu para o resultado”, explica a diretora financeira e de relações com investidores da Copasa, Paula Vasquez Bittencourt. Os moradores de Conceição do Mato Dentro, Santa Rita do Sapucaí, Desterro do Melo, Resplendor, Brasília de Minas, Campina Verde, Pedra Azul, Serra dos Aimorés, Bom Despacho, Borda da Mata, Nova Serrana, Santo Antônio do Monte tinham uma tarifa de coleta, de 50% do valor da água. Com o início de operação de Estações de Tratamentos de Esgoto (ETEs), mais 40% foram acrescentados. Paula explica que, além dessa alteração de cobrança, outros fatores contribuíram para ampliar a receita. “A elevação do volume faturado, o reajuste tarifário médio de 5,25% aplicado a partir de maio de 2013 e o reajuste tarifário médio de 6,18% a partir de 13 de maio de 2014 contribuíram para o aumento da receita”, explicou a diretora financeira e de relações com investidores da Copasa, durante teleconferência realizada nesta segunda para investidores.

Balanço Lucro líquido Foi de R$ 81,923 milhões no segundo trimestre de 2014, o que representa elevação de 7,5% em relação ao mesmo período do ano passado A receita operacional líquida de serviços Foi R$ 968,896 milhões no segundo trimestre, um aumento de 6,1% em relação ao segundo trimestre do ano passado

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave