Alcançando a Terra da Promessa

iG Minas Gerais |

Na nossa vida temos muitos desafios, seja na família, no trabalho, mas precisamos atravessar o Jordão, ou seja, tomar posse da promessa do Senhor que foi dada a Abraão há 500 anos da época de Josué. O Senhor disse a Abraão: “Segue-me, e lhe darei as nações por herança” (Gn 15.2). Cinco séculos depois, o povo tinha apenas um obstáculo para entrar na Terra Prometida, atravessar o rio Jordão, que separava o deserto de Canaã (Veja Josué 1.1-9).  Para nós também há uma terra para ser possuída e conquistada. É tempo de restituição, porque Deus é Deus que abre portas que ninguém fecha, e fecha portas que ninguém abre. Na vida atravessamos desertos, enfrentamos lutas, tentações, batalhas e passamos por tantos perigos, e aprendemos que há tempos de festa, mas também de lutas. Vivemos dias de celebração, mas também de lágrimas, dias cheios do óleo da alegria, mas também dias cobertos pelas cinzas da tristeza. Assim como o povo de Israel, chegou o momento de atravessarmos o Jordão. Há uma terra da promessa para ser conquistada, existem inimigos para serem vencidos. É tempo de você viver as promessas de Deus para sua vida.  Temos nutrido muitos sonhos há anos, mas chegou a hora de cruzarmos o nosso Jordão e entrarmos na Terra Prometida. Como então podemos atravessar o Jordão?  Precisamos tirar os olhos da crise e saber que Deus está no controle. Quem sabe você está vivendo uma crise, seu casamento está “morto”, sua empresa está acabada, o relacionamento com seus filhos “morreu”, tantas coisas aconteceram e você tem vivido um tempo tão confuso. Na nossa vida, a crise chega de forma repentina, quando menos esperamos. A crise não tem programação, ela surge. Para o povo hebreu, no deserto, não havia nada dizendo que Moisés morreria antes de entrar na Terra e uma crise se instalou em meio ao povo. Mas Deus estava no trono, e a crise iria passar. A promessa não seria frustrada. Da mesma maneira é na nossa vida. Deus continua no trono. Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Toda situação que estivermos vivendo não vai durar para sempre; a crise vai passar. Precisamos assumir o nosso papel histórico de povo escolhido por Deus e sabermos que é hora de ignorarmos a crise e atravessarmos o rio, tomar posse da Terra Prometida. Cruzar o Jordão e conquistar as bênçãos do Senhor para nós.  Nossa confiança está no Senhor, a vitória não vem por meio dos homens, mas de Deus. Precisamos sair do deserto e colocar nossos olhos em novos desafios.  O deserto estéril não é o nosso paradeiro. Deus criou o homem e o colocou no Jardim do Éden e não em um deserto. Deserto é um lugar de passagem. Não nascemos para viver no deserto. Antes de chegarmos ao Jardim, passamos pelo deserto, mas não é a vontade do Senhor que vivamos nele. A geração de Israel que saiu do Egito, com exceção de Josué e Calebe, morreu e foi sepultada no deserto, porque não creu em Deus. A incredulidade nos planta no deserto, mas a fé nos leva a cruzar o Jordão e a recebermos a promessa. Você crê que pode cruzar o Jordão? O que é impossível para o homem é possível para Deus. O Senhor pode realizar os nossos sonhos, então reconheça que Deus está no controle, coloque sua confiança no Senhor, tenha fé para atravessar os obstáculos à sua frente (o Jordão), aja agora, imediatamente, saiba que a vitória vem do Senhor, entenda a vontade de Deus para sua vida, caminhe com um propósito, seja forte e corajoso, tenha bom ânimo, tenha uma vida conduzida pela Palavra de Deus. À nossa volta há crises, mas Deus nos faz promessas. É tempo de nos levantarmos e obedecermos, de experimentarmos os milagres de Deus, porque, quando agimos em nome de Deus e para a glória do Senhor, atravessamos o Jordão e saímos do outro lado com nossos sonhos realizados. Aleluia!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave