Polícia prende suspeito de sequestrar jovem na porta de casa no Rio

O suspeito usou o celular da jovem para subornar a família. Ao perceber que os parentes da jovem não tinham dinheiro, ele aceitou receber R$ 250 mais uma televisão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Policiais civis da 29ª DP (Madureira) prenderam em flagrante, no início da madrugada desta segunda-feira, Genildo Ferreira, de 36 anos, pelos crimes de extorsão mediante sequestro e receptação de carro roubado, na zona norte do Rio. Segundo a polícia, Ferreira foi detido quando negociava a soltura de uma vítima.

Investigadores chegaram ao suspeito após receberem a denúncia dos pais de uma jovem de 20 anos, que havia sido sequestrada na porta de casa. Na ocasião, o homem obrigou a moradora a entrar num carro - modelo Peugeot - roubado. A polícia diz que o sequestrador ligou para a família e cobrou R$ 10.000 para liberar a vítima.

O suspeito usou o celular da jovem para subornar a família. Ao perceber que os parentes da jovem não tinham dinheiro, ele aceitou receber R$ 250 mais uma televisão.

Os familiares da jovem entraram em contato com policiais da 29ª DP, que pediram apoio à Core (Coordenadoria de Recursos Especiais). Orientados pelos investigadores, os parentes da jovem combinaram de entregar o valor do resgate na entrada do Cemitério de Ricardo de Albuquerque, onde foi realizado um cerco ao bandido. No local, a vítima foi libertada.

"Ao notar a presença dos policiais, o bandido tentou fugir de carro, mas foi perseguido e preso em Marechal Hermes (zona norte). Com ele foi apreendido um estilete, uma touca ninja e o dinheiro do resgate", disse a Polícia Civil, em nota.

De acordo com a polícia, Ferreira tem várias passagens pela polícia por roubo, uma passagem por estupro e outra por extorsão. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão pendente por roubo. A reportagem tentou localizar os advogados de Ferreira, mas eles não foram encontrados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave