Jô e Atlético se 'desentendem' sobre sumiço do jogador nesta segunda

Nota divulgada pela assessoria do atacante informou que a ausência no treino foi avisada; clube nega o fato

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA E THIAGO PRATA |

O sumiço de Jô do treino da manhã desta segunda-feira tende a gerar um mal-estar entre o jogador e a diretoria do Atlético. Na tarde do dia, as duas partes se pronunciaram sobre o caso e a versão do clube vai diretamente contra a realidade informada pelo atacante.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Jô divulgou uma nota simples assegurando que informou ao Atlético que não treinaria nesta segunda para resolver "problemas particulares e sua situação com o Galo".

"O atacante Jô comunicou com antecedência a direção do Atlético sobre sua ausência no treino da manhã desta segunda-feira (04 de agosto), pois está resolvendo problemas particulares e sua situação com o Galo", diz o comunicado, apontando em seguida que o atleta não foi para o Sul do país para o duelo com a Chapecoense, na próxima quarta-feira.

Questionado sobre esta afirmativa do jogador, o Atlético, também via assessoria, informou que o Jô não avisou previamente, não foi liberado e ainda não deu notícia ou justificativa sobre a ausência.

Em contato com a reportagem, Tânia da Silva, a mãe do jogador,  disse que o pai do atleta, Dario da Silva, irá para Belo Horizonte ainda nesta segunda. Ela informou ainda que, segundo o empresário de Jô, o atleta 'não tem nada em vista'.

Leia tudo sobre: atleticogalodiretoriajofamiliataniadariomaepai