Mago segue se ajustando ao esquema tático do Atlético

Maicosuel vem vivendo altos e baixos atuando avançado, como um ponta, mas acredita numa melhora de rendimento nesta função

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Jogador chegou no fim de maio e já vai conquistando o seu espaço na equipe de Levir
Atlético/Divulgação
Jogador chegou no fim de maio e já vai conquistando o seu espaço na equipe de Levir

Foram cinco jogos oficiais, três amistosos na excursão na China, um gol marcado, o título da Recopa Sul-Americana conquistado e atuações que ainda não convenceram por completo. Este é o início de trajetória de Maicosuel com a camisa atleticana. Titular nas oito partidas em que esteve em campo, o jogador ainda vive o período de readaptação ao futebol brasileiro, numa posição da qual não é especialista.

No Atlético, o Mago vem sendo escalado quase como um ponta, bem avançado, apesar de se movimentar pelo meio também, ao invés de ser aquele atleta mais centralizado e que vem de trás com a bola, como fazia no Botafogo.

Nesta quarta-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá, ele construirá mais um capítulo de sua busca pelo ápice nos aspectos físico, tático e técnico. “Estou me readaptando numa posição que é um pouco nova pra mim. Sei que é uma função importante taticamente”, disse Maicosuel.

Um dos pontos que o jogador confessa estar devendo é a finalização. “Contra o Atlético-PR, fizemos um primeiro tempo bom, em que poderíamos ter feito quatro gols. Eu mesmo tive três chances claras. E quando a bola começar a entrar, tudo vai dar certo”, afirmou.

Mas diante da Chapecoense, espera não deixar escapar a oportunidade de balançar as redes ou colocar um companheiro na cara do gol. “Vamos ganhando entrosamento. Nosso elenco é forte. E quem entra, faz o melhor”, resumiu.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloMaicosuel