Maioria vai sair da disputa derrotada

Para ele, os postulantes fazem promessas impossíveis de serem cumpridas, principalmente por causa dos limites constitucionais dos Poderes Legislativo e Executivo

iG Minas Gerais | Flávia Carneiro |

O cientista político e professor da Universidade Federal de Minas Gerais Carlos Ranulfo acredita que cerca de 80% dos candidatos que vão disputar as eleições para deputado estadual e federal no Brasil desconhecem o trabalho realizado nas duas Casas Legislativas.  

Para ele, os postulantes fazem promessas impossíveis de serem cumpridas, principalmente por causa dos limites constitucionais dos Poderes Legislativo e Executivo.

“Grande parte dos candidatos não é competitiva, representa uma legião inteira de perdedores. Os eleitos serão aqueles que têm dinheiro ou fama ou já tiveram algum mandato eletivo”, analisa Ranulfo. Segundo ele, os candidatos que possuem experiência de outros mandatos sabem das limitações do deputado e não fazem promessas mirabolantes.

Já a socióloga e cientista política Regina Helena Alves acredita que as promessas absurdas ocorrem devido ao desconhecimento dos candidatos, já que o universo dos postulantes no Brasil é muito abrangente.

“Mas os candidatos que são eleitos sem saber as funções do Legislativo podem surpreender, como foi o caso do deputado federal Tiririca, que foi assíduo nas sessões plenárias da Câmara e apresentou várias propostas, ao contrário de outros parlamentares”, analisa. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave