Zaga artilheira mantém fama de carrasca na área adversária

Quatro defensores celestes têm juntos 13 gols anotados nesta temporada; número é expressivo

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Entrosamento. Jogadas de bola parada com os zagueiros são uma grande arma do Cruzeiro, treinadas e ensaiadas por Marcelo Oliveira
JOAO GODINHO / O TEMPO
Entrosamento. Jogadas de bola parada com os zagueiros são uma grande arma do Cruzeiro, treinadas e ensaiadas por Marcelo Oliveira

O zagueiro Léo é um dos mais antigos jogadores do atual elenco celeste. São 144 partidas, atrás apenas do goleiro Fábio (574) e do volante Henrique (217). Natural de Belo Horizonte e cruzeirense desde criança, o defensor de 26 anos traz consigo o espírito de redenção dos celestes dos últimos anos e, com o 13º gol pelo clube, marcado contra o Botafogo, no último sábado, no Maracanã, e mantém a fama da estrelada zaga artilheira, tão temida pelos adversários no Brasileiro.

Léo fez seu terceiro gol no ano. Um dos mais recentes contratados, o zagueiro Manoel balançou as redes logo em seu segundo jogo oficial. Antes, no primeiro semestre, Bruno Rodrigo, em fase final de recuperação por causa de uma lesão, registrou seis só neste ano. Dedé, que também esteve fora do elenco principal durante alguns jogos por causa de contusão, tem três tentos anotados no ano, sendo que o último foi marcado contra o Figueirense há duas rodadas. Juntos, os quatro zagueiros tem 13 gols anotados com a camisa do Cruzeiro nesta temporada.

Léo foi contratado em agosto de 2010, enfrentou a crise de 2011 – quando o time quase foi rebaixado – e chegou vestindo a camisa estrelada ao mais importante título da carreira, o Campeonato Brasileiro do ano passado. Com a chegada de concorrentes, não é considerado titular absoluto, mas sempre está pronto para suprir os períodos de necessidades.

Pensando no grupo, o zagueiro nem comemorou muito a autoria do gol. “Fui premiado com um gol hoje (sábado), pude ser feliz por marcar um gol no Maracanã. A gente fica feliz por isso, por poder ajudar os companheiros. É sempre bom, sempre gratificante. Agora é voltar a treinar forte nessa semana para a gente buscar mais uma vitória no próximo final de semana”, destacou Léo.

Preparação. No próximo sábado, o Cruzeiro enfrenta o Criciúma no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. O zagueiro Rafael Donato, o volante Rodrigo Souza e o meia Lucca estão impedidos de entrar em campo para enfrentar o ex-clube por causa de cláusulas contratuais. A equipe volta aos treinamentos na Toca da Raposa, nesta terça, em dois períodos.

Machucou? Henrique. Mesmo se não tivesse levado o terceiro cartão amarelo, Henrique seria dúvida para pegar o Criciúma. O jogador deixou o estádio Maracanã com dores no tornozelo e será reavaliado pelos médicos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave