Jô admite incômodo com jejum, mas exalta triunfo no Horto

Sentimento de incômodo com a falta de gols não é maior que a alegria pelo retorno das vitórias no Brasileirão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Jô afirmou que conquistar o Mundial é um
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Jô afirmou que conquistar o Mundial é um "sonho"

Atacante vive de gols. Esta máxima do futebol está longe de ser a rotina de Jô. Há nove jogos sem balançar as redes, o atacante admitiu o incômodo com o jejum que o acompanhou até na Copa do Mundo, quando foi um dos escolhidos de Luiz Felipe Scolari para compor o ataque da seleção brasileira. Apesar disto, Jô se mostrou paciente e confiante. Na hora certa, a bola vai encontrar o caminho do gol.

"É uma situação incômoda. Atacante vive de gols, minha história aqui no Atlétio sempre foi assim. Mas eu estou há quase dez jogos sem fazer. Vou continuar trabalhando e insistindo. Na hora certa, o gol vai sair", apontou o atacante.

No entanto, o sentimento de incômodo com a falta de gols não é maior que a alegria pelo retorno das vitórias no Brasileirão. Neste domingo, o Galo venceu o Atlético-PR por 3 a 1, com dois gols contra, e chegou aos 18 pontos. 

"Acho que a gente fez um excelente primeiro tempo. Depois que tomamos o gol, nós apavoramos um pouco, mas futebol é assim, jogamos bem 45 minutos, mas ganhamos a partida quando menos esperávamos", concluiu.

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogalocampeonato brasileirojejum de gols