Palmeiras empata em casa com Bahia e amplia jejum

Apesar de ter vencido na Copa do Brasil e na Copa EuroAmericana, o time ouviu vaias de sua torcida ao término do jogo deste domingo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Palmeiras chegou neste domingo ao seu sétimo jogo seguido sem vitória no Brasileirão, após empatar em 1 a 1 com o Bahia, no Pacaembu, pela 13ª rodada. Apesar de ter vencido na Copa do Brasil e no torneio amistoso Copa EuroAmericana no meio do caminho, o time vai se complicando com esse jejum no campeonato nacional, cada vez mais perto da zona de rebaixamento.

Agora com 14 pontos, o Palmeiras ouviu vaias de sua torcida ao término do jogo deste domingo. E ficou ainda mais pressionado para a visita ao Atlético, domingo que vem, na próxima rodada do Brasileirão. Para o Bahia, que completou 10 partidas sem vencer e segue na zona de rebaixamento, com 10 pontos, o empate no Pacaembu trouxe um certo alívio - volta a jogar no sábado, com o Goiás, em Salvador.

Com dois times pressionados em campo, precisando da vitória, o primeiro tempo começou com o Bahia levando perigo. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Lúcio saiu mal pela direita e perdeu a bola para Kieza, que invadiu a área e teve cruzamento cortado por Marcelo Oliveira. Na sequência do lance, a bola sobrou perto da marca do pênalti, mas Kieza e Rhayner se atrapalharam e desperdiçaram boa chance de abrir o placar.

Depois do susto, o Palmeiras passou a controlar as iniciativas. A primeira oportunidade veio aos 12 minutos. Wesley cobrou falta pela direita e Marcelo Oliveira desviou de cabeça para a linha de fundo. Aos 21, em jogada pela esquerda, Mouche rolou para Victor Luís, que chutou forte para fora.

Três minutos depois, também pela esquerda, Wesley recebeu livre em contra-ataque, partiu em direção à área, puxou para a perna direita e chutou rasteiro à direita de Marcelo Lomba, que estava no lance e viu a bola balançar a rede pelo lado de fora.

A equipe baiana voltou a assustar aos 33 minutos. Rafael Miranda chutou da intermediária, mas Fábio fez boa defesa no seu canto esquerdo. O Palmeiras respondeu em seguida, com cruzamento de Wendel para Leandro, que desviou à direita de Marcelo Lomba.

Apesar de pressionada durante quase todo o primeiro tempo, a equipe baiana teve a melhor chance da etapa inicial. Aos 45, Marcos Aurélio deu belo passe para Kieza, que finalizou sem marcação, mas foi abafado pelo goleiro Fábio.

O segundo tempo começou mais movimentado. Logo aos dois minutos, Rafael Miranda tocou na entrada da área para Uelliton, que soltou a bomba de esquerda, mas Fábio, bem colocado, segurou firme.

Aos oito minutos, o Palmeiras assustou o Bahia com lançamento de Josimar para Henrique, que, de primeira, chutou forte com a perna esquerda. A bola passou perto do ângulo direito de Marcelo Lomba.

Aos 13, Marcelo Oliveira se atrapalhou na linha de fundo e perdeu a bola para Kieza. O atacante do Bahia encontrou Marcos Aurélio sozinho na área, que chutou de pé esquerdo. A bola passou perto da trave esquerda de Fábio, que ficou só olhando.

Dois minutos depois, Henrique abriu o placar para a equipe paulista. Victor Luís cruzou pela esquerda para o atacante, que desviou de cabeça para o canto esquerdo de Marcelo Lomba e marcou seu quarto gol na competição.

Mas a alegria palmeirense durou pouco. Logo em seguida, aos 17 minutos, foi a vez de Kieza marcar para o Bahia e empatar o jogo. Pará invadiu a área pela esquerda e rolou para o atacante concluir e assinalar seu primeiro gol no campeonato.

Nos quinze minutos finais, o Palmeiras deu início a uma pressão em busca do segundo gol. Aos 36, Victor Luís cruzou pela esquerda para Leandro, que cabeceou por cima do travessão. Dois minutos depois, Henrique recebeu na entrada da área e chutou rasteiro no canto esquerdo de Marcelo Lomba, que defendeu sem dificuldades. E aos 41, a bola sobrou para Patrick Vieira no lado esquerdo da área. Ele, então, teve tempo de dominar e bater cruzado, mas mandou para fora. Assim, o jogo terminou mesmo empatado, provocando irritação nos palmeirenses que foram ao Pacaembu.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 1 X 1 BAHIA

PALMEIRAS - Fábio; Wendel (Weldinho), Lúcio, Marcelo Oliveira e Victor Luis; Josimar, Wesley e Felipe Menezes (Patrick Vieira); Mouche (Mendieta), Leandro e Henrique. Técnico: Ricardo Gareca.

BAHIA - Marcelo Lomba; Roniery, Demerson, Titi e Pará; Fahel (Feijão), Rafael Miranda, Uelliton e Marcos Aurélio (Henrique); Kieza (Emanuel Biancucchi) e Rhayner. Técnico: Charles.

GOLS - Henrique, aos 15, e Kieza, aos 17 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

CARTÃO AMARELO - Wendel, Lúcio, Leandro, Titi, Rhayner e Kieza.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 15.208 pagantes

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcampeonato brasileiropalmeirasverdãobahia