Lucas Bebê assina e Toronto Raptors terá dois brasileiros

Pivô se junta ao também garoto Bruno Caboclo, de 18 anos, no elenco da equipe canadense

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O pivô do Asefa Estudiantes, da Espanha, foi draftado pelo Atlanta Hawks, da NBA
Divulgação
O pivô do Asefa Estudiantes, da Espanha, foi draftado pelo Atlanta Hawks, da NBA

O Brasil tem mais um jogador na NBA. Neste domingo, o Toronto Raptors anunciou que assinou contrato com Lucas Bebê, pivô de 22 anos que já estava defendendo a franquia canadense na Liga de Verão de Las Vegas (EUA). Bebê, assim, se junta ao também garoto Bruno Caboclo, de 18 anos, no elenco do Raptors.

O pivô, de 2,13 metros, surgiu para o mundo no Mundial Sub-19 de 2011, quando teve excelente média de 9,6 pontos, 8,8 rebotes e 2 9 bloqueios, carregando a seleção brasileira nas costas junto com Raulzinho. Naquele mesmo ano, ganharia as primeiras oportunidades no time adulto do Asefa Estudiantes, na liga espanhola.

Na temporada 2012/2013, passou a ser regularmente utilizado pelo Estudiantes e se inscreveu no Draft, sendo escolhido na 16.ª posição, pelo Boston Celtics. Na mesma noite, seus direitos foram transferidos para o Dallas Mavericks e, na sequência, para o Atlanta Hawks, que preferiu não utilizá-lo.

Por isso, Bebê voltou para o Estudiantes, tendo disputado mais uma vez a Liga ACB. No último dia 30 de junho, os direitos sobre o pivô foram adquiridos pelo Raptors. Para poder jogar a Liga de Verão, o garoto pediu para não ser convocado por Rubén Magnano para a seleção brasileira.

A decisão acabou acertada. Depois de cinco jogos em Las Vegas, com média de 5,0 pontos e 5,8 rebotes, Bebê convenceu a franquia e neste domingo assinou contrato. Assim como Caboclo, não tem a certeza que vai disputar a NBA. Mas, como parte do time, deverá ser utilizado pelo menos na Liga de Desenvolvimento.

Atualmente o Brasil tem seis brasileiros na NBA. Além de Caboclo e Bebê no Raptors, Tiago Splitter está no San Antonio Spurs, Anderson Varejão no Cleveland Cavaliers, Nenê no Washington Wizards e Vitor Faverani no Boston Celtics. Scott Machado também busca espaço e está jogando a Liga de Verão com o Raptors. Leandrinho está sem contrato, enquanto Fab Melo, que chegou a defender o Boston, voltou para o Brasil e assinou com o Paulistano.

Leia tudo sobre: basquetenbalucas bebêtoronto raptors