Seleção brasileira arrasa República Dominicana no Grand Prix

Com o resultado, o Brasil soma nove pontos na competição e segue com 100% de aproveitamento - antes venceu China e a anfitriã Itália

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Seleção brasileira não tomou conhecimento de dominicanas e segue invicta no torneio internacional
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK
Seleção brasileira não tomou conhecimento de dominicanas e segue invicta no torneio internacional

Novamente sem perder sets, a seleção brasileira feminina de vôlei venceu mais uma no Grand Prix. Neste domingo, a vítima foi a República Dominicana, derrotada com parciais de 26/24, 25/19 e 25/18, em Sassari, na Itália. Com o resultado, o Brasil soma nove pontos na competição e segue com 100% de aproveitamento - antes venceu China e a anfitriã Itália.

Depois destas vitórias, o técnico José Roberto Guimarães repetiu a escalação neste domingo com Dani Lins, Sheilla, Jaqueline, Fê Garay, Thaísa, Fabiana e a líbero Camila Brait. Mas poupou Jaqueline, que ficou menos tempo em quadra. Durante a partida, entraram Monique, Fabíola, Adenízia, Léia e Andréia.

Sem Jaqueline na maior parte do tempo, o Brasil contou com o destaque de Fê Garay, maior pontuadora da partida, com 15 pontos. Thaísa contribuiu com 13 e Fabiana, com 11. No sábado, Jaqueline havia sido o destaque, com 16 pontos.

E, sob a liderança de Fê Garay, o Brasil não teve dificuldade no início da partida. Logo abriu 8/4 e indicava uma vitória fácil. As dominicanas, contudo, reagiram e chegaram a empatar em 14/14. Com duelo mais parelho, Zé Roberto desequilibrou ao colocar em quadra Fabíola e Monique. E o Brasil fechou o set por 26/24.

Foi o único momento de dificuldade vivido pela seleção neste domingo. Depois disso, o time de Zé Roberto começou em vantagem o segundo set e manteve boa distância no placar (16/10) até fechar a parcial com seis pontos de diferença: 25/19. O terceiro set seguiu o mesmo roteiro. E as brasileiras chegaram a fazer 16/07. Sem fazer muito esforço, fecharam em 25/18.

Agora a seleção retornará ao Brasil para jogar diante de sua torcida. Em São Paulo, no Ginásio de Ibirapuera, a comandadas de Zé Roberto vão enfrentar Coreia do Sul, Rússia e Estados Unidos.