Judeus fazem ato em apoio a Israel no bairro Mangabeiras em BH

Grupo defende que que é a guerra é legítima, já que o país estaria se defendendo de terroristas

iG Minas Gerais | Lygia Calil / Natália Oliveira |

Manifestantes consideram a guerra legitima
Uarlen Valério
Manifestantes consideram a guerra legitima

Cerca de 300 pessoas fizeram um ato na praça Estado de Israel, no bairro Mangabeiras, na região Centro-Sul de Belo Horizonte em apoio ao país na manhã deste domingo (3). A ação foi coordenada pela Federação Israelita de Minas Gerais que defende o direito dos judeus.

O grupo rezava na praça e gritava palavras de ordem contra terroristas. O presidente da federação, Marcos Brafman, afirmou que há grupos brasileiros distorcendo a verdade sobre a guerra tentando deslegitimar o Estado de Israel e perturbando a relação de comunidades que sempre conviveram em paz no Brasil.

Segundo ele,  o grupo busca a preservação da democracia, liberdade e boa convivência. Ele afirmou ainda que é a guerra é legitíma, já que o país estaria se defendendo de terroristas, que de acordo, com presidente da federação, infelizmente usam as crianças e mulheres como escudo. A federação representa 500 famílias de judeus que moram em Belo Horizonte.  

Conflito. Desde o último dia 8 de julho quase 300 crianças morreram na faixa de Gaza, sendo que no total já são cerca de 2.000 mortos e 7.500 feridos.  Israel acusa o movimento islamita palestino Hamas, que controla Gaza, de usar a população como escudo humano e diz que quase metade das vítimas de seus ataques era de militantes 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave