Pimentel critica abandono do governo ao norte de Minas

O candidato ao governo de Minas aproveitou a estadia em Montes Claros para receber as reivindicações da Articulação Articulação Semiárido (Asa)

iG Minas Gerais | Guilherme Costa Reis |

POLITICA. BELO HORIZONTE, MG.

O candidato ao governo de Minas Gerais pelo PT, Fernando Pimentel, se reune com representantes da Articulacao do Semi-arido (ASA), na cidade de Montes Claros.

FOTO: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO / 02.08.2014
Lincon Zarbietti / O Tempo
POLITICA. BELO HORIZONTE, MG. O candidato ao governo de Minas Gerais pelo PT, Fernando Pimentel, se reune com representantes da Articulacao do Semi-arido (ASA), na cidade de Montes Claros. FOTO: LINCON ZARBIETTI / O TEMPO / 02.08.2014

Depois de lançar na sexta-feira (1) a candidatura de Josué Gomes (PMDB) ao Senado junto com Dilma Rousseff (PT) e o ex-presidente Lula (PT), o candidato ao governo de Minas Fernando Pimentel (PT) aproveitou a estadia em Montes Claros para receber neste sábado (2) as reivindicações da Articulação Articulação Semiárido (Asa). O petista criticou, mais uma vez, o abandono do governo do Estado na região. A Asa abarca 1.000 organizações no país e 150 em Minas. O foco de ação da entidade é o desenvolvimento de regiões afetadas pela seca em nove Estados.

Antes da reunião, Pimentel, em conversa com a imprensa, usou o mesmo tom crítico do comício de lançamento do nome de Josué Gomes na sexta-feira. "Eu circulei na região e fiquei impressionado com descaso do governo de Minas. Se não fosse o governo federal faltaria água para o consumo humano. O programa Água Para Todos fez, junto com a Asa, 50 mil cisternas. Tudo com dinheiro do governo federal, cerca de R$ 350 milhões em 2014. Já o governo estadual não executou 10% do que foi previsto em convênio", disse Pimentel.

O petista ressaltou que os mineiros vão rejeitar mais quatro anos de abandono. "Acho difícil o governo de Minas convencer os mineiros de mais quatro anos de sofrimento. Em outubro os mineiros vão mudar isso", criticou. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave